FESTAS FELIZES. BOM ANO de 2018.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações. Actualizado em 2017-11-27.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.


sexta-feira, 31 de outubro de 2008

IV Jantar Papa Trilhos - #1

Já passaram alguns meses desde a nossa última confraternização gastronómica. Com o aproximar do Natal e do aniversário do nosso blog (a 20 de Novembro), chegou a altura de agendarmos mais um jantar convívio.

À semelhança dos jantares anteriores, vamos dividir a preparação do mesmo por várias fases:
- até 2008-11-09: sugestão dos restaurantes
- até 2008-11-16: votação nos restaurantes sugeridos
- até 2008-11-19: inscrições para o jantar

A reserva do restaurante será da responsabilidade de quem o sugerir.

O jantar, à semelhança da edição anterior, é aberto não só aos Papa Trilhos, como também às suas famílias e amigos.

Sugere-se a data de 2008-11-29 (sábado) para o jantar.

Ficam desde já abertas as inscrições e a sugestão dos restaurantes.

Para quem quiser recordar os jantares anteriores, aqui ficam os links:
- I Jantar Papa Trilhos em 2007-12-15
- II Jantar Papa Trilhos em 2008-03-15
- III Jantar Papa Trilhos e Famílias em 2008-06-13

INSCRIÇÕES:
(actualizado em 2008-11-28)
1. Paulo Alex San
2. Marlene San

3. Ze San
4. Sofia - esposa do Ze
5. Ricardo - filho do Ze
6. Rikybike San
7. Ana - esposa do Riky
8. Dany - filha do Riky
9. Marco San
10. Sónia - esposa do Marco
11. Nuno Lopes San
12. Beta - esposa do Nuno
13. Matilde - filha do Nuno (4 anos)
14. CaJo San
15. Helena San
16. Mariana - filha do CaJo
17. Mario San
18. Bela - esposa do Mario
19. Carlota - filha do Mario (4 anos)
20. Martim - filho do Mario (2 anos)
21. Mimosa San
22. Gina
23. Carlos Prazeres San
24. Paula - esposa do Carlos
25. Sara - filha do Carlos (7 anos)
26. Sofia - filha do Carlos (7 anos)
27. Ni San
28. Isabel - esposa do Ni
29. Xana - filha do Ni
30. Rute - filha do Ni (12 anos)
31. To Ze San
32. Anita - esposa do To Ze
33. Susana - filha do To Ze
34. Nelson - namorado da Susana
35. Fernando San
36. Cláudia - esposa do Fernando
37. Ivo
38. Margarida - namorada do Ivo
39. Sérgio San
40. Sara - esposa do Sérgio
41. Tomás - filho do Sérgio (2 anos)
42. Arsénio San
43. Assunção - esposa do Arsénio
44. Afonso - filho do Arsénio (6 anos)
45. Nelson San
46. Sandra - esposa do Nelson
47. Leandro - filho do Nelson (9 anos)
48. Gonçalo - filho do Nelson (4 anos)
49. Luis Ferreira San
50. Telma - esposa do Luis
51. Ana - filha do Luis (9 anos)
52. João - filho do Luis (11 anos)
53. Luis Nitrobiker San
54. Teresa - esposa do Nitrobiker
55. Rui San


RESTAURANTES:
(actualizado em 2008-11-11)
1. Flor da Mata, Fernão Ferro - Ze San
2. Restaurante Homeru's, Fernão Ferro - Bela e Mario San
3. Taverna dos Piratas, Sta Marta do Pinhal - Corroios - Carlos Prazeres San
4. Xaramba, Laranjeiro - Carlos Prazeres San
5. Os 2 Amigos, Fernão Ferro - Isabel (esposa do Ni) - RESTAURANTE ELEITO

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Temos novo endereço



O blog dos Papa Trilhos teve a seu nascimento on-line a 20 de Novembro de 2007. Desde então têm sido efectuadas sucessivas alterações para que os conteúdos e respectiva apresentação sejam cada vez mais apelativas e cativantes.

No âmbito desta evolução, chegou a vez do endereço do blog. A partir de agora, quem quiser chegar até nós, poderá fazê-lo introduzindo o endereço www.papatrilhos.com

Desta forma pretende-se personalizar ainda mais a marca Papa Trilhos e simplificar o acesso ao blog.

O endereço antigo (papatrilhos.blogspot.com) continuará activo e é encaminhado automaticamente para o novo endereço.

Este novo serviço também inclui a personalização de endereços de mail. O endereço de mail do blog passa a ser papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Estão também disponíveis endereços de mail para os Papa Trilhos que quiserem um mail personalizado com @papatrilhos.com. Para o efeito, poderão enviar um mail para o endereço do blog com o pedido para esse efeito indicando o nome pretendido.

É natural que nos primeiros dias possam haver alguns problemas no acesso, devido ao tempo necessário que o novo endereço seja actualizado nos vários servidores na internet.

Os Papa Trilhos a pedalar com a natureza e na internet!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Passeios para o proximo fim de semana

Como é habitual, há que programar os passeios para o fim de semana.

Conforme conversas soltas que surgiram no último passeio, o programa das festas proposto é o seguinte:
SÁBADO
- passeio de estrada até Alcochete
- ponto de encontro às 08.00h no Parque das Lagoas ou às 08.15h na GALP da Qta do Conde
DOMINGO
- passeio de BTT: sugestões de percurso?
- ponto de encontro às 08.30h no Parque das Lagoas

terça-feira, 28 de outubro de 2008

2008-10-25 - Serra da Estrela-Torre - 28 km

Eram 05H30 quando iniciamos a viagem até ao local a que nos tínhamos proposto efectuar mais uma aventura, subirmos de Manteigas até à Torre em plana Serra da Estrela.


À medida que nos aproximava-mos da Serra, começamos a dizer que não andávamos bem da cabeça, pois o que víamos era bem grande, muito grande, de meter muito respeito e, também de muita beleza, mas só pensávamos na dureza que iria ser.

Chegados à Covilhã fomos em direcção a Manteigas, local para iniciarmos a subida e, nesta altura começamos a constatar as inclinações possíveis que iríamos encontrar e novamente veio à ideia a "insanidade" dos participantes e, como a coisa não iria ser fácil e, que iríamos levar um grande empeno.

Chegados ao local de partida, decidiu-se encurtar um pouco a subida para o "empeno" ser menor, tratamos de preparar as bikes e, de seguida equiparmos com roupa adequada, pois aqui a temperatura estava muito fresquinha e pouco convidativa a pouca roupa.

Tudo preparado, chegava a hora para iniciarmos a subida a que nos propusemos, tirámos a foto dos 4 "escaladores" e lá fomos nós por ali acima.
Começamos a subida à cota 866 e tínhamos que subir até à cota 1990.
Toda a subida pode-se dividir em 4 fases.

A primeira até ao Covão da Ametade, à cota 1444, onde nasce o Rio Zêzere, em que vamos sempre subindo com a companhia do Vale do Zêzere lá em baixo e o leito do rio. Vista sobre o Vale do Zêzere
Fernando a subir após o Covão da Ametade

Aqui ainda fomos fazendo a subida à sombra, tornando-a muito "fresca", nesta fase ainda fomos tendo o Rickybike em linha vista.
A segunda do Covão da Ametade até ao Centro de Limpeza da Serra, com vista para a Nave de Stº António, em que subimos dos 1444 m para os 1600 m.A partir desta fase nem mais vimos o Rickybike, subir ou descer, é a mesma coisa.

A terceira desde o Centro de Limpeza da Serra até ao Túnel, pois é como se funciona-se como uma fronteira, passando dos 1600 m para os 1725 m de altitude, subida esta sempre com vista para a Nave de Stº António.


Mimosa San bem disposto a passar junto à Nave de Stº António


Esta foi a fase em que o Fernando, o Mimosa San e o Rui San iam estando sempre em linha de vista e em diferentes cotas de altitude, em virtude do serpenteado do percurso, fase esta também onde encontrámos inclinações com 10%.
A subida para o Túnel
Até o Rui San teve direito a apoio escrito nas rocha

A última fase, desde o Túnel até à Torre, esta também é a fase que é necessário maior concentração na respiração para podermos controlar ainda mais a respiração, pois passamos dos 1725 m para os 1990 m.
O Túnel

Passada esta "fronteira" e o dobrar de mais uma curva começamos a avistar o topo, local ambicionado para a chegada, começamos a dizer "é já ali, já falta pouco" e, temos um aumento do entusiasmo como que de uma energia extra, mas puro engano, ainda há umas quantas curvas a efectuar e claro está a subir.

Aqui temos uma vista fabulosa sobre a Barragem do Covão de Ferro.

Foi nesta fase que voltamos a ver o Rickybike, já ele vinha à procura dos restantes companheiros de subida, já ele tinha subido e já estava a descer e continuou a descer até Manteigas e os restantes prosseguiram até à Torre.
Também foi aqui que o Fernando, com a passagem junto à Santinha, que ligou o "motor" da sua bike.


A chegada à Torre foi motivo de grande satisfação para todos e claro que não poderia faltar o registo fotográfico.



Aqui decidimos prosseguir até Seia, onde seria novo ponto de encontro com o Rickybike que tinha ido buscar o carro, mas chegados à Lagoa Comprida decidimos ficar por ali mesmo e dar por terminada a nossa aventura, pois estávamos a encontrar um vento contra muito frio e não valeria a pena continuar.
Foi aqui neste troço que o Mimosa San atingiu os 80 km/h.


Também podemos dizer que o percurso se pode dividir em 2, tal como o Fernando disse "o percurso só tem 2 dificuldades, que é até ao Túnel e depois do Túnel".


Foi uma aventura espectacular, a repetir, agora com outro ponto de partida, seja ela com rodas de estrada ou mesmo de btt, pois a Serra oferece-nos variadas opções para serem percorridas.


Do meu ponto de vista e tendo tido esta experiência não achei que fosse tão difícil quanto imaginava que fosse em termos físicos, agora em termos respiratórios sente-se a diferença da altitude e à qual não estamos habituados, mas que conseguimos adaptar a isso.
Todo o percurso foi efectuado com uma elevada beleza paisagística, onde nós nos sentimos pequenos com tamanha beleza e nos sentimos enormes quando chegamos ao topo.


Participantes: (4) Rickybike San, Mimosa San (também ficou conhecido pelo açoriano da Serra), Rui San e o Fernando


Acumulado de subida - 1396m

ponto mais alto - 1996m

ponto mais baixo - 768 m




View Larger Map

Passeio à Fonte da Telha - 2008-10-26 - 32Km

Reportagem de Marco San.

Por motivos que nos levavam a ter que estar em casa por volta das 11:30H eu e o Nuno San, combinámos uma voltinha mais curta. Estava combinado o meu primo Samuel e o Bruno também aparecerem.

Foi então que pelas 08:30H, novo horário de Inverno, nos encontrámos todos na Rua Vasco da Gama, onde mora o Nuno San e partimos rumo à Apostiça.

Tínhamos percorrido cerca de 1,5Km’s +/- quando nos lembrámos que nenhum de nós levava bomba para encher os pneus, bonito, tivemos que voltar para trás, para o Nuno ir a casa buscar a dele, foi desta que fomos rumo a Apostiça.

Eu estava encarregue de fazer a reportagem fotográfica, na Apostiça apertei o ritmo na tentativa de parar mais a frente e tirar as primeiras fotografias, fui mal interpretado, pensaram que era o implementar de um ritmo diferente, vieram todos a trás de mim e mal tive tempo de tirar a máquina do bolso.

Chegados à Fonte da Tenha aproveitámos para fazer uma pausa, repor o açúcar no sangue e tirar mais umas fotos.

Na foto de grupo tornou-se difícil eu aparecer, foi só à terceira, pois punha o temporizador a contar antes de focar e por mais que corresse não chegava a tempo.

Regresso a Fernão Ferro, chegamos a hora prevista eram 11:24H.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Mini passeio do Sado - 2008-10-26 - 63Km

O dia amanheceu com sol. Embora estivesse fresquinho, ainda dava para pedalarmos com os equipamentos de verão.

Às 08.30h começaram a chegar alguns Papa Trilhos ao Parque das Lagoas. Saímos alguns minutos depois em direcção à Qta do Conde onde estava o restante pessoal à espera.

Começámos a contar... 1... 2... 10... 15... total: 24! Não há dúvida que as voltinhas dos Papa Trilhos estão a popularizar-se e é com agrado que acolhemos novos colegas e amigos e têm gosto em pedalar connosco.

Mais uma vez, o Papa Trilhos Rikybike San assumiu guiar o grupo neste passeio - os agradecimentos de todos!

Saímos da Qta do Conde pela estrada paralela à A2, Quinta do Anjo, Venda do Alcaide, Palmela, Aires, Baixa de Palmela.

O nosso colega Silva a sair da bike, colocou mal o pé e torceu o pé. Mas apesar das dores iniciais, não se demoveu de continuar a voltinha.

Fizemos a tradicional subida da cobra e lá no cimo uma pequena paragem para descansar e abastecer. Aproveitámos também para tirar a nossa foto de grupo. Olhem para eles todos bonitos...

Foi um passeio muito agradável e com boa disposição. Desta vez tivemos a participação de 3 meninas - a Nelly, a Marlene San e a Gina, que, como é habitual, tiveram uma prestação exemplar.

No total foram 63Km com 654m de acumulado de subidas e uma média de andamento de 16.4Km/h.
Participantes - 24 (isto como já é muita gente, torna-se complicado colocar aqui os nomes de todos!!!)


View Larger Map

sábado, 25 de outubro de 2008

Passeio Higiénico - 2008-10-25 - 39Km

Estava eu a deliciar o meu paladar com uns saborosos profiteroles banhados com chocolate e caramelo quando o Papa Trilho To Ze San telefona-me a desafiar para uma voltinha de bike para sábado de manhã. Como estava na companhia do Ni e do CaJo, a voltinha iria ter mais participantes.

Sábado, 09.30h, portão da casa do Paulo Alex San, 5 Papa Trilhos.

Saímos de FF em direcção à Apostiça. Descemos pela antiga estrada nacional de Sesimbra. entrámos na Apostiça pela entrada do posto de vigia e fizemos alguns Kms de trilhos, até sairmos junto à cancela de Belverde.

Atravessámos a Quinta dos Fanqueiros, Cruz de Pau e descemos até à marginal da Amora. Apanhámos a marginal do Seixal e fizemos uma pequena paragem no campor de Futebol do Seixal.

Estavam a jogar as escolinhas do Seixal e do Benfica. O resultado não sei, mas parece que as escolinhas do Seixal ganharam. Aproveitámos para o reabastecimento com umas sandes de couratos e umas bifanas.

Repostas as calorias, fomos em direcção à Siderurgia, contornando o centro de estágio do Benfica. Ainda parámos para admirar um bando de Flamingos que ali embelezava a paisagem.

Passámos depois pelo Parque Industrial do Seixal e chegámos a FF. Ainda fomos deixar o To Ze Sana casa, não fosse ele perder-se pelo caminho!

Fui uma voltinha higiénica (como o nosso Pastor a chamaria), descontraída para esticas as pernas e conversarmos um pouco. A companhia, agradável como sempre. A Papa Trilho Helena San fez o percurso todo sem qualquer dificuldade e estreou o blusão do equipamento novo (parece que ficou aprovado!).

Foram 39Km com 371m de acumulado de subidas e uma média de andamento de 15.2Km/h.

Participantes (5): Paulo Alex San, To Ze San, Ni San, CaJo San, Helena San


Ver mapa maior

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Voltinhas para o fim de semana

No próximo fim de semana teremos a mudança de hora com o atraso em 60 minutos no dia 26 de Outubro às 02.00h.

Desta forma, acho que chegou a altura de alterarmos a hora do nosso ponto de encontro para os passeio domingueiros.

Assim, em vez das 08.00h, a hora para os passeios de domingo passarão a ser às 08.30h no local habitual - Parque das Lagoas de FF.

Fica aberta a discussão para o percurso do próximo domingo.

ATENÇÃO: NOVA HORA
- 08.30h PARQUE DAS LAGOAS
, ou
- 08.45h Bombas da GALP da Qta do Conde

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Voltinha das Antenas - 2008-10-19 - 66Km

A manhã estava fria e o dia tinha acabado de amanhecer. Já se faz sentir o fim de verão. Às 08.00h começaram a chegar alguns Papa Trilhos ao Parque das Lagoas de FF.

Saímos de FF em direcção à Qta do Conde para nos encontramos-nos com o resto do pessoal que estava à espera junto à GALP.

O Rui e o Rikybike já tinham programado um percurso para o grupo. Fomos para a Arrábida, passando por Azeitão e depois apanhámos um trilho até à Comenda.

Na Comenda fizemos um pequeno abastecimento para recuperar as forças.

Houveram algumas tentativas para fazermos o tratamento de lama, mas apesar de algumas poças de água, não surgiram obstáculos de maior...

De seguida fizemos agulha para a subida das Antenas. Foram alguns Kms sempre a subir, tendo o grupo estendido ao longo da subida. Lá em cima encontrámos um grupo de caminheiros que nos contagiaram com a sua boa disposição - os "Águias da Rasca".

Como quando se sobe, também tem de se descer, os Kms seguintes foram em alta "velocidez".

O regresso a Fernão Ferro foi através do estradão de Casais de Calhariz, apanhando depois a 379 para a Vila Nogueira de Azeitão. No cruzamento que depois dá para a Qta do Perú fizemos as despedidas de alguns elementos que íam para a Qta do Conde, tendo o restante grupo seguido para Fernão Ferro.

Foi um passeio muito agradável, onde tivemos o regresso de alguns elementos (eu que estive de férias), o Nitrobiker que já não pedalava conosco à alguns meses e o Nelson San.

No total fomos 23 BTTistas que mais uma vez disfrutámos das bonitas paisagens do Parque Natura da Arrábida.


Foram 66Km com 1188m de cumulado de subidas e uma média de andamento de 16.9Km/h.


Participantes Papa Trilhos: Paulo Alex San, To Ze San, Nelson San, Rui San, Ni San, Nitrobiker San, Luis Ferreira San, Nuno Lopes San, Marco San, Arsénio San, Mário San, Carlos Prazeres San, Mimosa San, Rikybike San, Gina, Nelly, Paulo Alhinho, Ivo.



Ver mapa maior

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Passeios para o fim de semana

Com o fim de semana à vista, vamos lá combinar por que trilhos vamos passear as nossas meninas (leia-se bikes).

Passeio habitual:
- domingo, 08.00h, Parque das Lagoas

Sugestões de percurso?

domingo, 12 de outubro de 2008

2008-10-12 - Passeio "Higiénico, mas pouco" ao Cabo Espichel - 54 km

Concentração no ponto de encontro habitual, no Parque das Lagoas, onde compareceram 6 elementos para mais uma volta domingueira.
Hoje tivemos a estreia do Luís, que se juntou aos Papa Trilhos e que disse que iria voltar mais vezes.

Breves momentos a decidir o percurso, decisão tomada - Cabo Espichel, pois as condições climatéricas não mostravam ser as melhores para outros locais, assim decidiu-se uma voltinha higiénica até ao Cabo Espichel, mas que de higiénico pouco teve.
Seguimos em direcção ao Cabo Espichel descendo a antiga estrada de Sesimbra, fizemos um pouco da Apostiça até à estrada da Lagoa , passando por Alfarim, até ao estradão da Azoia.

Chegados à estrada do Cabo Espichel (EN379), o Luís, teve que encurtar a volta, pois tinha compromissos e não poderia chegar tarde, os restantes prosseguiram o percurso, até ao desvio que permitiria escolher ir até ao Cabo, por estrada ou pelo Arriba.

Opção tomada, irmos pela Arriba, esta decisão veio a tornar o nosso passeio numa volta pouco higiénica, pois momentos antes da nossa passagem choveu bastante neste local, resultado - lama, muita lama e, havendo quem momentos antes tenha dito: "tou com saudades da lama" - certo Carlos Prazeres? Ainda tens?, Acho que não.

Com tanta lama, se para as bikes estava dificil a progressão, imagina-se para um carro que encontramos parado, pois é, isso mesmo, dali já não saía sem a ajuda de outro veículo.


Chegados ao Farol, fomos "obrigados" a algumas acções de limpeza, tanto nas bikes, como nos sapatos, pois com a lama não conseguiamos encaixar os pés nos pedais e, onde aproveitamos para tirar a nosso foto habitual de grupo.

Do Farol seguimos até ao Cabo, por estradão, pois mais ninguém se quis aventurar pela lama e, daqui prosseguimos a nossa volta sempre junto à costa, até à Aldeia do Meco, retomando o percurso anteriormente efectuado na ida.

No regresso passámos pela piscina preferida de Paulo Alex San, no dia em que se chamou "Dalai Lama", desta vez ainda estava melhor que da anterior passagem por lá, estava mais cheia e demonstrou saudades de ti Paulo.

Como não poderia deixar de ser, foi uma animada, muito bem disposta, então na lama nem se fala, pois só se ouvia "tu va tombez".

Foram 54 km com um acumulado de 823,84 m
Participantes: (6) TóZé San, Carlos Prazeres San, Ni San, Marco San, Rui San e o Luís