Os Papa Trilhos desejam FESTAS FELIZES a todos os familiares e amigos. Um BOM ANO de 2018 com muitos kms a pedalar.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações. Actualizado em 2017-11-27.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.


terça-feira, 5 de maio de 2009

Peregrinação a Fátima - dia #1 - 2009-05-01 - 111Km

Os Papa Trilhos muito se honraram pelo convite efectuado pelos colegas da Makro em participarem nesta belíssima aventura até Fátima. Estavam programados 2 dias a pedalar e divertimento garantido.

O 1º ponto de encontro foi no Parque das Lagoas às 05 da manhã (sim, foi isso mesmo!). Começámos a rolar de madrugada com os nossos pirilampos montados nas bikes. Saímos do Parque das Lagoas e fomos passando pelas casas de quem ficava a caminho da estação de Coina da Fertagus. Aqui, encontrámos com os nossos colegas que vinham da Qta do Conde e apanhámos o comboio das 05.52h. A caminho da estação Roma/Areeiro iam entrando outros colegas de BTT, que não indo connosco, também iam fazer o caminho até Fátima. Parece que é tradição a peregrinação a Fátima de bike neste fim de semana.

Chegámos à estação Roma/Areeiro e fomos a pedalar até ao Parque das Nações de onde seria o inicio oficial da nossa aventura.

Tirámos algumas fotos da praxe...

... e ainda aproveitámos para ver o nascer do sol.

Éramos 23 pedalantes que se propuseram a seguir pelos caminhos de peregrinação marcados para Fátima. Ao som da partida, o nosso colega Luis Coito teve um furo na sua bike nova acabadinha de estrear.

Assunto resolvido, lá fomos nós a caminho de Fátima. O percurso já estava definido e seria um misto de trilhos e estrada. Para este dia 1 estavam previstos cerca de 110Km até Olhos de Água, Alcanena, onde iríamos passar a noite.

Seguimos por trilhos em direcção a Sacavém e ao longo o rio Trancão. Na Póvoa fizemos uma pequena paragem para um cafézinho e continuámos a pedalar até Vila Franca.

Até Santarém os caminhos seriam essencialmente rolantes e sem grande dificuldade acrescida. Até lá, fomos passando por várias localidades - Vale do Carregado, Vila Nova da Rainha, Azambuja, Reguengo.

Parámos em Valada para fazer um reforço gastronómico em pleno Ribatejo. Provámos as bifanas locais e aproveitámos para descansar um pouco. O calor já se fazia sentir e íamos despindo as camisolas e afins que nos protegeram da humidade matinal.

Às portas de Santarém deparámo-nos com a 1ª subida digna do nome. Apesar dos Kms que já tínhamos nas pernas, todos chegámos lá cima, cada um no seu ritmo. Em Santarém abastecemos de água e já com mais de metade do percurso feito.

Seguimos viagem pela Azoia de Baixo, Advagar, Santos, Casais da Milhariças...

O ritmo era de passeio e com boa disposição à mistura. Durante o percurso íamos conversando sobre assuntos vários, as dificuldades que ainda estavam para vir e outros desabafos. A verdade é que desde Santarém que as subidas tornaram-se mais inclinadas. Mas a beleza das paisagens que nos iam contemplando não nos deixava fôlego para reclamar.

É claro que também aproveitámos para algumas fotos mais artísticas (by Rui San).

A fim de 10 horas e meia de deixarmos o Parque das Nações, chegámos a Olhos de Água onde iríamos passar a noite. O local de alojamento escolhido foi o Centro de Ciência Viva do Alviela.

Fomos ocupar os quartos e arrumar as bikes, enquanto que a Nelly San e o Paulo Alhinho San ainda foram pedalar mais 14Km até ao local onde iriam dormir.

O jantar foi no restaurante do Centro. Provámos uns bifinhos com cogumelos e massa. Com a fome que tínhamos, marchou tudo e houve ainda alguém (não digo quem, mas podem ver a foto) que ainda foi à travessa dos vizinhos.


Depois do jantar, fomos preparamo-nos para o dia seguinte onde estavam prometidas algumas subidinhas para estivar os músculos das pernas.

Alvorada agendada para as 07.00h.

Foram 111Km com 1236m de acumulado de subidas. Ver estatísticas.



View Larger Map

5 comentários:

  1. Foi muito bom, camaradagem em alta, animação, boa disposição mesmo com o acumular dos km, a entreajuda existente ao longo deste primeiro dia muito grande, o percorrer dos km´s sempre em grupo e cada vez se nota a forte união existente nesta família.

    ResponderEliminar
  2. Boas,
    Alguem sabe o nome do creme para por "nass orelhass" do Cajô.

    Grande fim de semana de boa disposição em familia.

    Um Abraço
    Carlos Prazeres San

    ResponderEliminar
  3. Gostei da reportagem,por aquilo que li "Foi especial" espero que se tenham divertido, pois por cá,as mulheres só queriam ouvir uma voz dizer "Esta já está, todos estão bem ,...só um pequeno cansaço".
    Obrigado ao Rui San espectaculares fotos/mensagens.
    Parabéns aos 23 e que este espirito de grupo se mantenha.

    Helena San

    ResponderEliminar
  4. Foi o meu primeiro tour.o passeio foi muito porreiro,o pessoal foi sempre junto, mas tenho que enaltecer a força de vontade do Paulo (irmão do Mario) por diversas tentativas que tentou desistir,mas lá foi ele a subir e descer sem travões mas chegou ao fim,ao resto do pessoal já sabemos como é sempre animados e divertidos e quando toca ao manger todo pára está na hora de reunir forças.Parabens ao pessoal que organizou o passeio estava tudo *****

    ResponderEliminar
  5. Foi sem duvida nenhuma uma primeira etapa com muita camaradagem espírito de grupo e muito animado, obrigado a quem organizou e por me deixarem partilhar nesta aventura. Um BIKE abraço a todos.

    ResponderEliminar