. . Papa Trilhos by night 2018 - abertura de inscrições a 06 de Julho para Papa Trilhos e a 10 de Julho para o público. Plano de Actividades para 2018. Ver calendário.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

by night 2018

clique na imagem para mais informações e inscrições

Prazos de inscrições:
- 06 a 09 Julho: exclusivo para Papa Trilhos
- 10 a 24 Julho: sem restrições

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.



terça-feira, 5 de julho de 2011

IV Maratona BTT Gardunha - 2011-07-03 - 75Km

Reportagem por Joaquim Pena

Para este evento a organização colocou à escolha 3 percursos: Mini Maratona - 25Km, Meia Maratona - 45Km e Maratona - 75Km.

Dirigi-me para o Fundão no Sábado e escolhi para a dormida um local já conhecido de alguns Papa Trilhos, o Alambique de Ouro. A escolha deste local teve vantagem de enquanto eu fui "curtir" as belas paisagens e trilhos da Gardunha a restante família ficou a "curtir" na piscina.

Fiz o levantamento do saco com o dorsal no Sábado, este tinha como brinde um bidon para a bike e uma garrafa de tinto do Fundão.

O percurso teve passagem por algumas localidades do conselho do Fundão (Freixial, Lavacolhos, Enxabarda, Souto da Casa, Aldeia Nova do Cabo, Alcongosta e Alcaide).

A partida da maratona foi dada às 9 horas em ponto e os primeiros 15Km foram rolantes e feitos a bom ritmo. Neste ponto foi feita a separação dos percursos, Mini Maratona e Meia Maratona para a esquerda e Maratona para a direita, começaram as primeiras subidas curtas para aquecimento.

O 1º abastecimento foi em Lavacolhos junto a um rio com uma pequena praia fluvial, a seguir veio a primeira placa com a indicação "PUXA" e foram mais ou menos 2,5Km a subir, com vista para a Serra da Estrela.

Um aspecto muito bom foi que a seguir a uma valente subida existia uma boa descida para de novo voltar a visualizar a placa de "PUXA", desta vez por entre um enorme cerejal esta tinha quase 3Km e bem empinada.

No fim da subida prestei ajuda a um companheiro do pedal do grupo (Os Trinca Cereja) que estava com um furo e tinha partidos os desmontas não conseguindo tirar o pneu.

Ao prestar esta ajuda permiti-me recuperar o pouco para uma espectacular descida que se seguiu com aproximadamente 4Km em que circulei com grande velocidade.

O 2º abastecimento estava colocado na localidade Souto da Casa, mas para ter acesso ao mesmo era necessário fazer mais uma das duras subidas do percurso. Uns 50 metros antes do abastecimento deparei-me com um fontenário que serviu para me refrescar com água da Serra da Gardunha e estava mesmo fresquinha.

O 3º abastecimento foi em Alcongosta e a seguir vieram 2 subidas quase seguidas, a 1ª com 4Km, parte desta em calçada romana tecnicamente muito difícil e a 2ª e ultima do percurso digna do nome com 2,5Km.

Depois de tanto subir surgiu uma descida espectacular e rápida em que no inicio tinha um sinal de trânsito com limite de 50Km/h com controlo por radar e a meio outro sinal com a indicação de 45Km/h logo seguido de uma maquineta a fazer flashs (a maioria do pessoal vai ficar sem carta de bike).

A faltar uns 10Km para o final, numa descida com muita pedra solta, saltou um calhau da roda da frente da bike e bateu-me na perna e fez um bom corte, deitou um pouco de sangue, mas felizmente parou e permitiu-me fazer o resto do percurso até ao Fundão.

Ao chegar à meta no Fundão fui muito bem atendido pelo enfermeiro de serviço, que me fez o penso na perna.

Esta Maratona foi feita a duo com o companheiro do pedal Manuel Cardoso do clube Já T'Agarro da minha terra Natal, Branca - Coruche.

Algumas notas:
- no inicio das localidades por onde passamos foi colocada uma placa com o nome da localidade, o que permitiu saber por onde andava-mos.
- no inicio das subidas difíceis estava sempre um placa com a indicação (PUXA) o que no meio caso significava colocar a bike "na avozinha", e às vezes com ela à mão. Os banhos foram no pavilhão Municipal do Fundão com água quente e óptimas instalações.
- o almoço foi bom com vários tipos de bebidas à descrição e um excelente arroz doce.
- durante o almoço, em conversa com um membro da organização, foi-me oferecida uma caixa de cerejas da Gardunha.

Fica também uma reportagem TV efectuada pela Localvisão:

2 comentários:

  1. Parabéns pela reportagem e pela excelente participação nesta maratona.
    E com a caixinha de cerejas no final é mesmo caso para dizer que é a cereja em cima do bolo neste vosso fim de semana.
    Obrigada por nos relatares a tua experiencia em terras do nosso Portugal.

    ResponderEliminar
  2. Será que sobrou alguma cerejinha? Têm (ou tinham) um otimo aspeto

    ResponderEliminar