Os Papa Trilhos desejam FESTAS FELIZES a todos os familiares e amigos. Um BOM ANO de 2018 com muitos kms a pedalar.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações. Actualizado em 2017-11-27.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.


sábado, 3 de novembro de 2012

2012-10-28 7ª Maratona BTTascaduXico 50km

Reportagem de Isabel Santos San
8h30, Pinhal Novo, manhã bastante fria e já uma grande concentração de pedalantes, prontos a explorar os trilhos propostos para esta maratona.
Com 3 percursos possíveis, 20km, 40km e 80 km, optámos pelos 40 km com dificuldade média, que, na minha opinião, de “média” não teve nada! E, pelos vistos de 40 km também não! Pois, na verdade, foram 50 km!
Dada a partida às 9h30, lá fomos rolando desde o Pinhal Novo até à nossa querida Serra da Arrábida! Na minha opinião, eles escolheram os percursos mais técnicos que lá encontraram, como por exemplo o famigerado “caminho das vacas” a descer, depois daquele trilho que eu “adoro” que é só pedras até aos moinhos!
Depois fomos pelo estradão até ao alto das necessidades, mas como era muito “fácil” e antes de chegar mesmo ao cimo, virámos num trilho à direita onde só os nossos 4x4 (Ricky, Lapa, etc) costumam arriscar! Mas lá fomos, sem medos, pelo “sobe e desce” pensando que íamos ter ao cai de costas!
Mas, uma vez mais, como devem ter achado que era muito fácil, mandaram-nos descer à esquerda, dizendo: “AGORA É SEMPRE A DESCER, FORÇA!” não me perguntem que trilhos percorremos, pois a adrenalina (pavor) foi tanto que só consegui respirar fundo quando já estávamos quase a chegar à rotunda de Palmela, claro que aqui, nos disseram para virar à esquerda para mais um trilho daqueles! Conclusão: cada vez que conhecíamos o caminho e que achávamos que sabíamos para onde íamos, eles apresentavam um “Senhor Percurso”!
Enfim, subimos “paredes” descemos “paredes”, andámos aos saltos que nem cabras naqueles caminhos de pedregulhos e acabámos por nos meter e até mesmo cair no meio das silvas! Ficámos os dois todos arranhadinhos! Depois, foi só regressar, ao Pinhal Novo, pelos estradões bem mais calminhos! Foi uma aventura e tanto!
Com uma organização excelente, equiparada à do nosso “By night, e com abastecimentos de eleição, com tudo de bom, incluindo bifanas em pão alentejano grelhadas “in sito”! Com muita adrenalina, uma manhã bastante solarenga, fria e muito bem passada!
  Um passeio com muita boa disposição e, sem dúvida, para repetir!

Sem comentários:

Enviar um comentário