GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações.
- Gala Papa Trilhos 2017, 01 Dezembro - inscrições.


segunda-feira, 16 de abril de 2012

Direitinho ao céu – 2012-04-15 – 60Km

Reportagem por Pedro Santos


Oito da matina e o sol radiava para um dia magnífico. O chão molhado é que indiciava que havia pouco tempo desde a última chuvada. Para um ciclista, normalmente, isto quer dizer uma coisa: duche.

Ainda parei em Fernão Ferro, mas nem vivalma. Como normalmente, quando isto acontece, tenho que fazer uma série de verificações aos relógios porque costumo ser eu que estou mal, desta vez, todos eles confirmavam: hora certa, local certo. Se não há pessoal é porque deviam ter ido todos para Fátima. Sendo assim, corda aos sapatos, direito à Quinta Do Conde, a ver se por lá havia algum aventureiro.

Em grande forma, lá estavam o Fernando Lapa e o Zé Luis. Estava reunido um trio, onde só me ocorria “onde é que me vim meter… Com estes dois, vou morrer!”

Quando alguém sugeriu como destino o Posto de Vigia, não podia ser melhor. Era a oportunidade de fazer a viagem que me estava mesmo a apetecer: Subir até ao céu! Seria ainda a oportunidade de experimentar a minha nova carcaça, três quilinhos mais leve. Foi ouro sobre azul esta sugestão.

Enquanto navegávamos na direcção traçada, ainda passamos por aqui e por acolá. Até vimos locais, giros, por ventura.

Houve um chato do caraças que não se calava o caminho todo, mas olhem, desculpem lá qualquer coisinha… apeteciam-me falar!

Atingido o objectivo, depois da obrigatória foto de grupo, era agora tempo de fazer o sacrifício das descidas. Já nenhum de nós se lembrava de como seria descer… como se não bastasse, largou-se a chover. Eu fiquei para trás a tentar vestir o impermeável até que consegui transformar aquilo numa camisa-de-forças.

Já na volta para casa, passamos por sítios. Havia muitos sítios. Uns de um lado, outros do outro. As nuvens davam-lhes muito bom aspecto, ao ponto de várias paragens para fotos às paisagens. Fomos andando e andando, enquanto íamos tendo algumas oportunidades para lavar as bikes, com aguinha oferecida pela mãe natureza.

Por fim, lá chegámos a casa e, hoje, soube-me tão bem chegar a casa! Para o Lapa e para o Zé Luis parecia que não tinha sido nada mais que um pequeno passeiozito de domingo, mas eu, confesso, cheguei bem rebentado.

Passámos ligeiramente a barreira dos 1000m de acumulado. A juntar às cerca de 5 horas em cima do selim, deixaram-nos com uma voz um bocadinho mais fininha que o habitual.

Foi mais um excelente domingo, cheio de boa disposição, como já vem sendo hábito com os Papa Trilhos!

Uma mensagem aos senhores meteorologistas: Ontem à noite, diziam que hoje não ia chover. Pois bem, meus senhores, enganaram-se!

Sem comentários:

Enviar um comentário