Os Papa Trilhos desejam FESTAS FELIZES a todos os familiares e amigos. Um BOM ANO de 2018 com muitos kms a pedalar.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações. Actualizado em 2017-11-27.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.


sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Voltinha dos furos, dos muitos furos!!! - 2012-08-26 - Km

Reportagem por José Amaro

Esta volta iniciou a cheirar já ao raid Ibérico que os Papa Trilhos irão realizar, muitos pedalantes na expectativa de se realizar uma voltinha calma a rolar para preparar a dureza que se avizinha até chegar à terra de nuestros hermanos. Outros colegas do pedal optaram por participar no passeio da Volta a Portugal e rumaram em direcção a Lisboa para fazer frente ao Blanco.

Assim, saímos de Fernão Ferro com paragem obrigatória na Quinta do Conde, seguindo pela estada da Coca Cola em direcção à Quinta do Anjo, atravessamos o condomínio “Palmela Village” até ao Pinhal Novo, onde parámos naquilo que já se tornou uma tradição que é a paragem na “Mafrinha” onde alguns saciaram a sua gula.

Verificamos que esta pastelaria já se tornou um ponto de referência para nós, mas também para muitos que ali param com o mesmo objectivo, sendo que desta vez cruzamo-mos com um grupo de motoqueiros e motoqueiras. Dali zarpamos com o objectivo de chegar a Palmela, mas as coisas a partir daqui começaram a complicar-se …

Furos ainda no Pinhal Novo, novamente no trilho junto à linha do comboio, de repente todos ouvimos um estrondo…; sabíamos que a abertura às rolas e pombos já tinha começado, não pensávamos é que tinha sido o Paulo Semião a furar, não uma, mas em duas rodas com aparato. Os recordes existem para serem ultrapassados… No mesmo local tivemos outros felizes contemplados com o mesmo mal dos furos… Nelson pela 2.ª vez, Mário… Hoje todos queriam furar!!!

Equipa técnica em acção e meia hora de paragem forçada, lá avançamos em direcção Palmela, subimos em direcção aos moinhos passámos ao lado do single track que vai para Cabanas, mas avançámos e descemos pelo Cai de Costas a grande velocidade.

Até que chegamos a Cabanas, daqui em direcção à estrada da Macro virando na Coca Cola em direcção à Quinta do Conde … mais um furo dum companheiro a confirmar que o dia foi bastante trabalhoso. No final, bebemos umas “águas minerais” para refrescar desta manhã tão atribulada, se bem que no nosso grupo existem meninas que insistem em descarregar as mágoas no álcool, dando forte nas mines…

Esta voltinha de preparação revelou-se bastante atribulada, mas foram cerca de 58Km em passeio muito agradável, com as participação dos seguintes 22 bravos: Sandra, Bela, Gina, Kimbiques, Mário, NI, Fernando, Nando, Nelson, Amaro, David, Carlos Prazeres, Paulo Semião, Dorival, Rui, Marco, Paxeco, tio do Mário e mais 4 novos amigos cujo nome não sei.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Volta da Apostiça -2012-08-25 - 30 Km

Reportagem por Pedro Felix

Eu e o meu pai saímos em direcção ao Parque das Lagoas à hora marcada e lá encontrei muito pessoal. O primeiro destino era a Apostiça e depois seria onde o pedal e a vontade nos levasse. E assim fomos dar à Fonte da Telha pela parte da NATO que estava cheia de areia, o que dificultou um pouco o andamento, mas lá conseguimos passar.

Aí tirámos a foto de grupo e o Gonçalo ainda se sentia cheio de força. À vinda para cá, o pessoal tinha os bidons vazios e por isso fomos ao Parque da Verdizela para encher os bidons.

Saímos do Parque da Verdizela em direcção à Quinta da Valenciana. Quando chegámos decidimos que era eu a fazer a reportagem e aqui está ela. Foi mais uma tarde bem passada em boa companhia.

Pedalantes: Pedro, Leandro, Mariana, Gonçalo, Helena, Nélson, Sandra, Kimbikes e Félix.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Passeio da Volta a Portugal - 63Km - 2012-08-27

Reportagem por Paulo Alex San

Estávamos em vésperas de 2ª feira e com um belo dia para irmos participar na maior festa do ciclismo nacional, a chegada da Volta a Portugal, em Lisboa. Mas o programa não se limitava à chegada dos ciclistas, também havia outras animações e pontos de interesse. Fazia parte do programa um Passeio de cicloturismo - Passeio da Volta, no qual haviam-se inscrito 7 Papa Trilhos: Rikybike, Isabel, Paulo Alex, Marlene, Dora, Felix e Helena. Decidiu-se irmos até Lisboa de bike a partir de Fernão Ferro. Apanhamos o barco da Transtejo que não colocou qualquer dificuldade no limite de transporte das bicicletas no barco (recordo que na carreira do Seixal, o  limite é de 3).

Chegados a Lisboa, subimos até ao Marquês de Pombal para levantarmos os dorsais. A hora da partida já estava perto, mas antes fomos fazer uma visita ao stand da RTP onde o João Baião, a Valentina e a Carlina tiveram o privilégio de tirar uma foto com os Papa Trilhos.

Às 12.30 deu-se a partida do passeio com a distância anunciada de cerca de 30Km. A partida foi no Marquês de Pombal. Descemos a Av. da Liberdade, passámos a Rua do Ouro, Praça do Comércio, Cais do Sodré, Av. 24 de Julho... e fomos por aí a fora até ao Jamor. No Jamor, voltávamos para trás e fazíamos o percurso inverso. O ritmo era próprio de um passeio de Cicloturismo com o média de rondaria dos 20 e poucos km/h e alguns picos que iam aos 30. Pelas bandas de Algés, o ritmo passou a ser livre, e como havia prémios para os 1ºs que cortassem a meta, a loucura foi total. Num piscar de olhos o pelotão estendeu-se... como o transito estava completamente cortado em todo o percurso, não havia pressas. Ainda tivemos tempo para umas fotos junto ao Cais das Colunas.

Depois foi subir até ao Marquês de Pombal, onde estava situada a meta, comum aquela que seria também a chegada dos ciclistas da Volta a Portugal. Os Papa Trilhos, numa clara demonstração do espírito de equipa, cortaram a meta juntos e alinhados, com direito a anuncio do comentador do Passeio que estava junto à linha de chegada.

Seguiu-se um abastecimento para repor as calorias e umas voltinhas pela Festa... Conforme se aproximava a hora da chegada dos ciclistas, o publico ia aumentado, distribuindo-se ao longo das grades de delimitavam todo o percurso que iria compor o circuito fechado dos últimos kms da Volta a Portugal. A chegada a Lisboa iria terminar com 5 voltas ao circuito fechado entre os Restauradores e o Saldanha.

E que bonito foi a cada passagem dos ciclistas. A "velocidez" era vertiginosa e o apoio do publico incontestável, independentemente do ciclista. Já pssava um pouco das 17.00h quando os ciclistas efectuaram a última passagem à nossa frente que estávamos junto a 50m da meta. O sprint final deu a vitória a Van Rensburg, mas a camisola amarela com a vitoria da Volta foi para o Espanhol David Blanco, seguido do Portugês Hugo Sabido.

Com a Volta terminada, iniciámos o regresso com passagem pelo Rossio para um prova de Ginginha. As forças estavam restabelecidas para apanharmos o barco de regresso e os últimos kms até Fernão Ferro. No total pedalámos 63Km num dia diferente que permitiu admirar todo o ambiente que envolve a Volta e valorizar a logística necessária a uma prova desportiva desta natureza. Confirmou-se: foi efectivamente uma grande festa!!!

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Ponto de Encontro - Semana 35

Para esta semana, a proposta do Ponto de encontro é a seguinte:
- 4ª feira, dia 29: Voltinha Nocturna. Ponto de encontro às 19.30h no Parque das Lagoas.
- domingo, dia 02: Voltinha domingueira Papa Trilhos. Ponto de encontro às 08.00h no Parque das Lagoas, ou às 08.20h na GALP da Qta do Conde.
- 6ª feira, dia 31: Travessia Papa Trilhos Fernão Ferro-Badajoz.

Caso haja interesse em marcar mais alguma voltinha, deixem aqui a mensagem para conhecimento do restante pessoal.

Lembretes desta semana:
- N/A.

TRAVESSIA PAPA TRILHOS FERNÃO FERRO-BADAJOZ
6ª feira, 31 de Agosto, 01 e 02 de Setembro

É já esta semana que vamos ter mais uma grande aventura Papa Trilhos - a Travessia de bicicleta desde Fernão Ferro, até Badajoz. Esta travessia está programada com 3 etapas, totalizando cerca de 330Km - a maior distância percorrida em eventos Papa Trilhos!

A participação neste evento é EXCLUSIVA para as inscrições efectuadas - ver listagem.

O Programa é o seguinte:
ETAPA 1 - 31 DE AGOSTO
Fernão Ferro - Coruche
112Km
971m de acumulado de subidas

- Ponto de encontro às 06.45h no Parque das Lagoas, Fernão Ferro
- saída às 07.00h do Parque das Lagoas
- almoço pelo caminho em Canha (sopa, bifanas, sandes); não incluído no preço- alojamento em regime de camarata e jantar na Herdade da Agolada
- jantar na Herdade (prato principal: carne assada com massa; sobremesa: arroz doce ou gelatina; bebidas: cerveja de litro, água de garrafa, sumo de jarro; café)
- serão disponibilizadas toalhas

ETAPA 2 - 01 DE SETEMBRO
Coruche - Estremoz
139Km
1743m de acumulado de subidas

- pequeno almoço na Herdade às 07.00h (hora sujeita a alterações)
- inicio da etapa às 07.30h
- alojamento no Quartel de Estremoz em regime de camarata
- jantar no Restaurante Solar do Leão, em Estremoz (entradas; sopa; prato principal: grelhada mista com massa e salada; sobremesa; bebidas: cerveja, refrigerantes, água; café)
- não serão disponibilizadas toalhas no Quartel de Estremoz (levar toalha)

ETAPA 3 - 02 DE SETEMBRO
Estremoz - Badajoz
78Km
892m de acumulado de subidas

- pequeno almoço no Quartel (hora a combinar localmente)
- inicio da etapa (hora a combinar localmente)
- inicio da tarde: chegada a Badajoz; acondicionamento das bicicletas no autocarro (quem tem inscrição com autocarro)
- saída de Badajoz para Campo Maior
- banho em Campo Maior (nos balneários do Clube Campomaiorense)
- almoço em Campo Maior (lanche ajantarado, tendo em conta as horas). (entradas; prato principal: grelhada mista, salada; sobremesa; bebidas; preço não incluído - 12€/pessoa)
- final da tarde: saída de Badajoz em autocarro em direcção a Fernão Ferro

ACOMPANHANTES
domingo, 02 de Setembro
- Ponto de encontro às 09.00h no Parque das Lagoas
- 09.30h: saída de Fernão Ferro em direcção a Badajoz

NOTAS:
- as etapas são efectuadas em autonomia, pelo que cada pedalante é responsável por transportar os seus pertences necessários para cada etapa. Aconcelha-se o uso de alforges.
- cada pedalante terá de providenciar um cobertor ou manta para acondicionamento da bike no porão do autocarro. Quem não levar cobertor ou manta, o acondicionamento da bike é da sua inteira responsabilidade. A entrega dos cobertores/mantas deverá ser efectuada no dia 30 de Agosto, ao final do dia (até às 21.30h). Mais informações, ver mail enviado em 13 de Agosto.
- esta travessia é um evento informal dos Papa Trilhos, pelo que cada pedalante é responsável pela sua condição física para a conclusão do mesmo, não havendo apoio logístico durante os 3 dias, assim como é da sua responsabilidade o respectivo seguro desportivo.

Papa Trilhos: solicita-se o uso de equipamento Papa Trilhos na etapa 3.

A Voltinha Nocturna da Amora - 2012-08-22 - 34Km

Reportagem por Leandro Francisco

Estava em casa de manhã, como o meu pai já tinha dito que não ia andar, em perguntei que se o Paulo fosse se eu poderia ir andar com ele, e o meu pai disse que sim então eu mandei uma mensagem para o telefone do Paulo, porque ele não estava em casa.

Mais tarde perto das sete e meia, eu e ele fomos ao Parque das Lagoas a pensar que só íamos nós, mas depois quando lá chegamos vimos o Jorge Nunes que também ia andar connosco e então seguimos para o início da desta voltinha noturna.

Seguimos em direção ao Parque Industrial do Seixal, depois pelo Casal do Marco, seguidamente entramos em Paio Pires, posteriormente entramos no Seixal, a seguir chegamos a Amora.

Desta vez ninguém nos apanhou comemos uma valente fatia de pizza os três parecia que o Jorge estava esfomeado, depois da fatia comemos um pão com chouriço e a seguir seguimos em frente. De seguida entramos na Cruz de Pau e por fim viemos para casa através da Apostiça.

Participantes: Paulo Alex, Jorge Nunes e Leandro.

sábado, 25 de agosto de 2012

A Surpresa - Trilhos de Baco - 2012-08-19 - 25Km

Reportagem por Gonçalo e Sandra Francisco

Neste fim-de-semana fomos para o passeio da Vidigueira, mas como já é hábito, vamos para as piscinas de Beja que eu já conheço e são muito divertidas. Tudo começou na sexta feira com a preparação dos sacos e tendas. No sábado lá seguimos de manhã cedo em direcção a mais uma aventura dos Papa Trilhos. Montámos as tendas e com muito calor fomos refrescar para as piscinas de Beja. No fim da tarde regressámos para o parque de campismo onde foi preparada uma churrascada. Como já estava cansado da brincadeira do dia fui dormir para estar fresco no dia seguinte.

Levantámos nos cedo para ir em direcção à Vidigueira para o passeio de BTT, onde eu tive uma grande surpresa - no fim de todas as bicicletas estava lá a minha pequena bike!!! Afinal eu também ia andar e não sabia... Fiquei muito contente com a surpresa, não estava à espera, todos estavam a brincar comigo pois só eu é que não sabia.

Os primeiros a partir fomos os dos 40 Km, seguidos por nós, o passeio guiado de 25 Km. Tudo estava a correr normalmente, até ao Daniel ter um furo. Aí tivemos que reparar o furo com a ajuda outro participante. Reparada a avaria, continuámos o passeio pelos trilhos alentejanos. Após o abastecimento e repondo calorias seguimos todos em direcção à Vidigueira onde nos esperava a nossa claque de apoiantes sempre a puxar por nós.

Ficámos à espera dos outros elementos que estavam a chegar do percurso dos 40Kms. Quando chegaram, lá estávamos nós para apoiar. De seguida arrumámos as bikes e as tendas para ir refrescar para piscina durante o tempo que restava do fim-de-semana. Adorei o fim-de-semana e especialmente a surpresa de ir andar na minha primeira prova como Papa Trilho... para o ano é para repetir.´

Participantes (25 Km): Pedro, Daniel, Mariana, Gonçalo Francisco, Leandro, Sandra, Helena e Dora.

Agradecimento especial à claque de apoio Isabel, Xana, Rute, Dani e aos restantes participantes; e ainda ao João Pereira do BTT-TV por ter-me dispensado o dorsal.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Trilhos de Baco - Vidigueira - 2012-08-19 - 45Km

Reportagem por Ni San

Sábado de manhã, hora de partida em direcção a Beja pela estrada nacional com o primeiro abastecimento já na forja. Chegados a Vendas Novas, o cheirinho até criava água na boca. Lá teve que ser uma bifana para cada um e até os mais pequenos já se portam como uns verdadeiros Papa Trilhos.

A próxima paragem seria na Vidigueira para levantar os dorsais de todos participantes, o que foi rápido, pois tínhamos os mais pequenos a querer ir para a piscina. Já no parque de campismo de Beja, tínhamos o Rui San à nossa espera. Feito o check-in, fomos preparar os quartos, pois os empregados estavam de greve e tínhamos que montar as tendas onde todos ajudaram.

Estava na hora ir para a piscina, pois os mais pequenos estavam inquietos e queriam ir a banhos, por isso foram com a Xana, enquanto esperámos pelas madames que tinham ido comprar o comer. O resto do dia foi uns mergulhos, comer, brincar com os mais pequenos e dormir um pouco na relva à sombra. Entretanto a família Baptista veio também dar uns mergulhos com o pessoal.

Para o jantar, este ano tínhamos em mente outra coisa, levámos um fogareiro para assar umas entremeadas e bifanas, os homens desta vez é que foram as compras. Quando chegamos, o lume já ardia, temperou-se a carne e começou-se assar enquanto comíamos uns carapaus com bigodes, onde se juntou o João da BTT-TV com mais dois amigos e pesticaram com a gente, onde não faltou a cerveja para acompanhar. Já jantados, houve sobremesa e não faltou o café e o liquido milagroso que desta vez não fez milagre. A hora já era alta e toca a dormir.

Na madrugada começamos a prepararmos para a prova. Tomámos o pequeno almoço e seguimos para Vidigueira. Chegados ao local faltava tirar as bikes da carrinha onde tínhamos a surpresa do dia - a bike do Papa Trilho Júnior Gonçalo também tinha ido, pois ia fazer a sua primeira prova e logo com o dorsal do João do BTT-TV. A alegria do rapaz foi tão grande que as lágrimas rolaram pelas faces e ficou sem palavras.

Tudo preparado e seguimos juntos para a meta. Separamo-nos do pessoal que ia fazer os 25 kms e lá fomos pela maratona a fora. O Rui desapareceu logo na partida e seguimos os 4, mas um pouco à frente perdemos o Cajó.

Seguimos os três. As primeiras subidas foram um bocado penosas. Não sei se foi do liquido que tínhamos bebido na noite interior, pois enganámo-nos e vimos o fundo da garrafa. Depois é que foram elas. Passados os primeiros 12 kms, havia um abastecimento só de agua. Que bem que soube! Já refrescados, seguimos muito melhor até ao próximo abastecimento e ai já havia comer e encontramos os Pilões do Monte.

Depois de comer umas fatias de melão, metemos pés no pedal, porque ainda faltava uns kms. Mais à frente houve outro abastecimento onde estava o João do BTT-TV. Mais umas fatias e águas, pois o sol escaldava, mas já estávamos perto. Mais uma dúzia kms e tínhamos a meta à vista onde estava a nossa claque a apoiar. Só faltava o Cajó e ficámos à espera. Passado um tempo aparece com o cromado todo riscado- tinha caído e vinha mal tratado, mas bem disposto.

Como era tarde, arrumamos as bikes e seguimos logo para Beja onde tomámos banho, desmontamos as tendas e fomos almoçar para a piscina onde passamos o resto da tarde a banhos e uma soneca para alguns, mas soube muito bem.

Os participantes desta aventura Nelson San, Ni San, Cajó San, Rui San, Paulo Félix San, que fizeram os 45 kms. Sandra San, Dora San, Helena San, Mariana, Leandro, Gonçalo, Pedro e Daniel Félix, que fizeram os 25 kms. Os apoiantes: Isabel San, Xana, Rute, Daniela.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Pela Serra - 2012-08-19 - 41Km

Reportagem por “Isarlos Prazantos”

Domingo, à hora marcada,
Lá estávamos nós no Parque das Lagoas,
Preparados para a nossa voltinha,
Com pedaladas das boas!

Adivinhem quem regressou,
Com um ar todo sorridente,
Há muito tempo parado,
O nosso querido Presidente!

Não vos posso garantir,
Mas quero mesmo acreditar,
Que ele vai conseguir,
Ir a Badajoz….. a pedalar!!!!

Grupo pequeno mas muito bom,
Para esta volta domingueira,
Pois grande parte dos Papa Trilhos,
Estava no passeio da Vidigueira!

Sei que andamos sempre pela Serra,
Mas não sei dizer ao certo os caminhos,
Também sei que apanhámos alguns sustos
Com os nossos amigos cãezinhos!!!!

Há quem seja sempre “gozado”,
Por ter medos deste animal amiguinho,
Mas a verdade é que alguns de nós
Apanhámos susto de um bem grandinho!

O Zé Luis até nos ensinou
Uma lenga-lenga para os afastar,
Gostava de a transpor aqui,
Não sei se me consigo lembrar!

Um cão que mordeu “gato por lebre”,
Antes a ele do que a mim,
Uma lenga-lenga engraçada,
Era mais ou menos assim;

Jean foi à la misse
Et le can mordeu ça pisse
Chtttt can, ça cest pas languice!
Cést la pisse de Jean!!!

Participantes: Isabel e Carlos, Marlene e Paulo, Gina e Mimosa, Zé Luis, Lapa, Kimbykes, “Dorival”, Pena.

Comenda - 2012-08-12

Reportagem por CaJo San

Participantes:
Sandra, Nelson, Dora, Félix, Helena, Cajo, Isabel, Carlos Prazeres, Ni, Amaro, Dias, Fernando Vitor, Joaquim, Rui tira capacete, Lorival, António Pacheco, Zé Luis, Fernando Lapa, Rui San, Ricardo, Marco, Esperto (tio do Mário).

No Parque das Lagoas estávamos à hora marcada, 08H00. Fomos com direcção à Quinta do Conde, posto de abastecimento da Galp.

Direccionámos à estrada nacional e virámos à esquerda com vista a chegarmos a Brejos de Azeitão. Passámos o Alto das Necessidades, descemos Vale de Barris até às oliveiras e fomos até à Comenda.

Atravessámos a estrada e fomos pelo estradão até à Secil (estrada do vale do rasca), esquerda para o Parque de Campismo até ao estradão de Picheleiros, o qual subimos.

De regresso, deixámos quem mora na Quinta do Conde e ala que se faz tarde para Fernão Ferro.

Passeio muito giro e agradável.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Ponto de Encontro - Semana 34

Para esta semana, a proposta do Ponto de encontro é a seguinte:
- 4ª feira, dia 22: Voltinha Nocturna. Ponto de encontro às 19.30h no Parque das Lagoas.
- sábado, dia 25: Voltinha dos Adolescentes. Ponto de encontro às 16.00h no Parque das Lagoas.
- domingo, dia 26: Voltinha domingueira Papa Trilhos. Ponto de encontro às 08.00h no Parque das Lagoas, ou às 08.20h na GALP da Qta do Conde.
- domingo, dia 26: Passeio da Volta (Volta a Portugal em Bicicleta), Lisboa.

Caso haja interesse em marcar mais alguma voltinha, deixem aqui a mensagem para conhecimento do restante pessoal.

Lembretes desta semana:
- N/A.

ACTUALIZAÇÃO
PASSEIO DA VOLTA
domingo, 26 de Agosto, Lisboa

Mais informações - link.

domingo, 19 de agosto de 2012

Amora by night - 2012-08-16 - 32Km

Reportagem por Paulo Alex San

As voltinhas ao final do dia, em jeito de ensaio nocturno, com petisco garantido, estavam de volta. O Ponto de Encontro não deixava dúvidas - Parque das Lagoas, 19.30h. Sabemos que nem todos estarão à altura desta volta, e por isso, não foram muitos os que compareceram para esta tarefa. Como estreante absoluto dos passeios nocturnos, tínhamos o Leandro. Como acompanhantes, eu, o Nelson e o Jorge Nunes. O Pedro Felix e o Felix ainda foram-nos visitar ao Ponto de Encontro, mas o cansaço da praia de durante o dia, não deixava forças para uma voltinha nocturna. O Ni, um pouco atrasado, iria apanhar-nos pelo caminho.

Saímos do Parque das Lagoas em direcção à Apostiça. A um ritmo moderado e ainda de dia, atravessámos a Apostiça a partir da Qta da Valenciana até Belverde. Fizemos um trilho até à entrada da Qta dos Fanqueiros e atravessámos para a Cruz de Pau. A paragem seguinte era em plena Festa da Amora para o 1º abastecimento. Sai uma entremeada para cada um e uns líquidos para restabelecer.

Mesmo que quiséssemos passar despercebidos, seria impossível, pois fomos descobertos pelo Zé Luis e sua esposa, Rosa, em pleno acto de abastecimento. Aproveitámos a deixa para tirar a foto de grupo.

Com o jantar no bucho, havia que ir à procura da sobremesa. Direcção Seixal, passámos junto ao Centro de Estágio do Glorioso, seguindo-se Paio Pires. Uns trilhos pela zona até junto do Casal do Marco e paragem seguinte - fábrica dos bolos. Um mil-folhas para cada um, pois já não comíamos à muito tempo! Estas voltas são uma canseira!

Daqui, fomos direitinhos para casa, onde finalizámos a volta após 32Km. Um pequeno treino nocturno... deixo à vossa consideração o tipo de treino, bicicleta ou gastronómico?

sábado, 18 de agosto de 2012

8º Passeio BTT Fexpomalveira – 2012-08-12 – 50Km

Reportagem por Joaquim Pena

Embora só tenha participado pela 1ª vez num passeio organizado/maratona no início de 2009, de então para cá, com esta participação no 8º Passeio BTT Fexpomalveira faz um total de 38 participações. Três destas participações foram feitas na Malveira, no ano de 2009, 2010 e 2012. Desde a minha 1ª participação neste evento que o achei com muitos bons trilhos, duros e técnicos e com os melhores singles tracks de entre todos os outros eventos em que participei.

Este ano tal como nos anos anteriores a concentração e partida foi junto à junta de freguesia da Malveira.

O início do percurso foi pelas ruas da localidade, sendo a última parte um longa e dura subida para as antenas para alongar o grupo de quase 400 bicicletas. Os primeiros 18Km foram comuns ao percurso dos 30Km e ao dos 50Km, sendo a separação dos mesmos feita a seguir ao 1º abastecimento. Por falar em abastecimentos estes foram excelentes com sandes de leitão, arroz doce, sumos, águas, cerveja e fruta, tudo muito fresco e serviço com muita simpatia.

A partir da separação dos percursos começou o verdadeiro “carrocel saloio”, com subidas duras mas compensadas com descidas espetaculares em single tracks, alguns deles a exigirem toda a concentração, técnica e perícia do condutor e da bike.

Para o final do percurso estava guardada uma das subidas mais longas, a subida a um dos pontos mais altos do conselho de Mafra “Monte da Atalaia”, onde a vista compensa todo o esforço, conseguindo-se ver o Tejo.

Este ano o passeio terminou no ciclodromo da Malveira com direito a uma volta de consagração ao circuito.

Este é um daqueles eventos que apesar do empeno que se leva, chegamos sempre satisfeitos e com vontade de regressar.