. . Papa Trilhos by night 2018 - fotos disponíveis na página de FB. Plano de Actividades para 2018. Ver calendário.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.



terça-feira, 27 de setembro de 2011

Varandas do Atlântico - 2011-09-25 - 70Km

Reportagem por Fernando Lapa San

Domingo 8:30H da manhã 4 cavaleiros do BTT saíram da Qta do Conde e decididos a visitarem algumas Varandas do Atlântico lá foram pelo trilho dos 10 Kms da Qtª do Peru. Seguimos até à localidade das Pedreiras e virámos por aquele trilho técnico em direcção à Arrábida.

Felizmente as nossas vestes eram suficientemente coloridas para não sermos confundidos com algum tipo de caça grossa, tal era a quantidade de caçadores que por ali abundavam. A meio do trilho virámos à direita em direcção à pedreira e após uma falha de actualização do GPS que nos levou até um trilho muito cerrado onde não se conseguia perfurar por falta das catanas e motosserras que por esquecimento tinham ficado em casa.

Corrigimos a rota e lá fomos por ali acima até ao topo da pedreira onde fomos brindados com uma paisagem magnífica tanto na vista para terra como para o Atlântico que se encontrava mais uma vez camuflado de nuvens fazendo-nos sentir mais perto céu.

Descemos então à terra e seguimos por ali a baixo em direcção à pedreira seguinte que contornámos e subimos até à estrada que dá acesso à praia de Sesimbra poente, mas como o pessoal se tinha de poupar para a restante volta seguimos por cima passando por Santana, Zambujal, Azoia e quase Cabo Espichel, quando no meio daquela romaria normal de motards domingueiros que seguem rumo ao Cabo, passam por nós duas belas lambretas muito bem conservadas que nos saudaram com umas boas buzinadelas, sendo os seus protagonistas o casalinho Vera & Carlos,  nossos companheiros de algumas pedaladas domingueiras que nesse dia resolveram ir “desenferrujar” essas Belas Vespas.

Chegados ao Cabo tirámos a foto de família da praxe. Para além do movimento dos motards havia um nº de visitantes e “tasquinhas” fora do comum por motivo da realização da Festa do Cabo que decorria neste fim-de-semana.

Continuámos então em direcção à Azoia e entrámos pelo trilho à esquerda seguindo sempre próximo do mar até chegarmos ao Meco. Depois seguimos por alcatrão por Alfarim, Lagoa de Albufeira e Apostiça, onde entrámos pelo estradão á direita, subimos pela estrada velha até ao Marco do Grilo, depois pelo meio do eucaliptal até à entrada do nosso FF.

Foram 70 Kms bem apreciados pelos participantes Fernando Lapa, José Carlos, Dias e seu colega Arcangelo que chegaram todos inteiros, sem quedas, furos ou avarias.

Sem comentários:

Enviar um comentário