. . GALA PAPA TRILHOS 2018 - 08 DEZ - INSCRIÇÕES ABERTAS. TRAVESSIA 2019 - STA COMBA DÃO/CHAVES.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.
- Sta Comba Dão/Chaves 2019 - informações
- Gala Papa Trilhos 2018 - informações.
- Equipamentos Papa Trilhos - consultar.



quinta-feira, 22 de setembro de 2011

2011-09-11 As antenas trigémeas estão intactas

Reportagem de Arsénio San
Mais um domingo, mais uma viagem, desta vez posso dizer estive lá. E elas ainda estão, firme e hirtas.A manhã de 11 de Setembro acordou cheia de sol, a condizer com o “virão” atípico que temos tido este ano. O grupo encheu os pulmões com a brisa da manhã, e reuniu-se primeiro em Fernão como manda a tradição e 25min mais tarde na Quinta do Conde.Rumamos em direcção a Cabanas, mais propriamente a São Gonçalo. E a festa começou, subimos a encosta da Serra do Louro em direcção ao famoso cai de costas, aqui o grupo dividiu-se.
Os mais afoitos seguiram pelo “fio dental” e os mais conservadores desceram a serra por um caminho largo e de segurança relativa tal era a quantidade de gravilha.
Em Vale de Barris, junto à sombra de um chaparro, aqui azinheira, trocaram-se histórias e conversas enquanto o grupo se reagrupava e rumava em direcção ao lindíssimo trilho da comenda. Contornada a serra de São Luís e com os pedais em chamas atravessamos a estrada nacional a toda a velocidade.
Em plena beldade de trilho, a nossa amiga Bela é vitima de um terrível acidente, ficou toda “traçada”. Um vulgar utilizador de velocípede em velocidade descontrolada, abalroou literalmente a nossa Bela. Desculpas pedidas, verificado o estado da Bela lá seguimos para a comenda.O caminho da comenda, é sem duvida uma beleza.
Do relatório de ocorrência temos a registar: 1 par de meias de vidro, pele e riscos e rabiscos duas pernas motoras. E muitas massagens para o Mário se entreter.
Breve pausa na comenda e lá seguimos em direcção as antenas, magnifica subida de 5Km com o coração na boca até aos cerca de 500m de altura para depois contemplar a vista. Vale bem o esforço.
Foto de grupo tirada, agora toca a descer a serra e voltar para casa, mas sem antes passar pelo vale do risco, onde mais uma vez Bela experimentou o chão duro, desta vez a Bela vingou-se e abalroou os ramos de um pinheiro manso.Mais à frente encontro imediato, não, não foi a Bela. Foi no café do amigo do Ni, com um grupo de 3 casais de Dinamarqueses, na casa dos 50 e tal anos. Que de Férias e montados cada sua bicicleta, aproveitavam para conhecerem melhor a região. Vindos de Sesimbra, seguiam por trilhos em direcção a Setúbal.Cumprimentos trocados, fotos e publicidade feita ao nosso site, seguimos de regresso pela Quinta do Peru com as setas apontadas a Fernão Ferro.

Por volta da uma tarde, chegamos a Fernão Ferro, com uns 60Kms na pernas, muitos deram por terminada a jornada. Outros como eu continuaram combalidos nas “canetas” em direcção a casa.

Participantes: Bela San, Mário San, Ní San, Carlos Prazeres San, Isabel, Joaquim Pena, Arsénio San, Zé Luís San, Lapa San, mais 2 amigos que já nos aguardavam na Quinta do Conde para o passeio, e que por lapso não me recordo do nome.

Sem comentários:

Enviar um comentário