ECOPISTA do DÃO - EVENTO CANCELADO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.
- Ecopista do Dão, 16 e 17 Setembro - informações. CANCELADO


domingo, 14 de maio de 2017

Sintra com um sol estranho - 2017-05-14 - 27Km/698mD+

Reportagem por Paulo Alex

Dois anos depois da nossa última visita a Sintra, estávamos de volta para mais uma voltinha. Madrugámos para não estarmos muito tarde em Sintra. Antes das 07.30h já tínhamos as bikes carregadas na carrinha do Felix e saímos do Parque das Lagoas até à margem norte.

Pouco depois das 08.00h estávamos junto à Lagoa Azul, local para inicio da nossa voltinha. À nossa espera, estava também o ex-Papa Trilho Rui João que iria ser o nosso guia pelos trilhos da zona. Descarregámos as bikes e começámos a pedalar.

O primeiro single, mesmo junto à Lagoa, levou-nos por trilhos com algumas raizes e uns quantos drops. O terreno estava molhado, o que misturado com raizes não dá um cocktail muito agradável. A a indigestão fez-se sentir. Umas poucas quedas, mas nada de especial. Apenas um aviso para o cuidado redobrado que teríamos de ter.

Continuámos com a voltinha programada e ao Km 1,8 iniciámos a primeira subida. Foram cerca de 6Km a subir que nos levou desde a cota 183 até à 412. A esta altura, ninguém reclamava do micro-clima característico desta zona. Aliás, mergulhámos no nevoeiro húmido que a pouco e pouco nos ía molhando a roupa. Estávamos dentro de uma nuvem e pouco depois a chuva apareceu. Fizemos uma breve pousa junto ao Parque do Convento dos Capuchos para ver se a chuva abrandava, mas não dava sinal disso. Embora não fosse densa, misturada com a nossa transpiração, não tornava a nossa estadia agradável.

Resolvemos adaptar o nosso percurso e depois de algumas ameaças físicas por querer cancelar os travesseiros, lá fomos provar a iguaria típica da zona. Subimos mais um pouco e depois descemos até à vila, parando na Piriquita. A descida embora em alcatrão era bastante traiçoeira, pois com o piso molhado, bastava travar um pouco para a bicicleta derrapar. Era preciso muita concentração e habilidade nos travões.

Paragem para abastecimento de alguns minutos para depois iniciarmos o percurso de regresso. Ora está que tínhamos de subir e foi desde a cota 236 até à 429 em pouco mais de 3Kms. Depois foi seguir o trilho de regresso à Lagoa Azul para tirarmos a foto de grupo.

A chuva só nos permitiu pedalar 27Km com algumas belas subidas que totalizaram cerca de 700m de acumulado. Soube a pouco, mas deu para variar um pouco dos habituais trilhos da Arrábida. Cerca das 12.30h já estávamos no Parque das Lagoas a descarregar as bikes!

Agradecimentos ao Rui João por mais uma vez nos guiar pelos trilhos de Sintra e ao Felix pela sua incontestável disponibilidade em levar uma carrinha para o transporte das nossas bikes.




2 comentários:

  1. Espero que esteja bem na próxima volta a Sintra. É sempre um prazer pedalar com amigo Rui João.

    ResponderEliminar
  2. Espero que esteja bem na próxima volta a Sintra. É sempre um prazer pedalar com amigo Rui João.

    ResponderEliminar