Os Papa Trilhos desejam FESTAS FELIZES a todos os familiares e amigos. Um BOM ANO de 2018 com muitos kms a pedalar.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações. Actualizado em 2017-11-27.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.


terça-feira, 28 de novembro de 2017

Trilho das Abelhas - 2017-11-27 - 48Km

Reportagem por Paulo Alex

Depois de algumas semanas ausente, aqui estava eu de regresso às pedaladas. O amanhecer antecipava um bom dia para pedalar, com alguns raios de sol a rasgar o céu. Mas ao sair de casa, o frio matinal ainda era predominante. Mas o melhor seria não reclamar, pois normalmente o índice de reclamações sobre o frio é directamente proporcional ao acumulado da voltinha.

No Parque das Lagoas lá estava o pessoal a agrupar para partirmos até à Qta do Conde. Desta vez os Papa Trilhos de Fernão Ferro estavam em maioria em relação aos da Qta do Conde. Com o Ni a comandar o pelotão, lá iniciámos a nossa voltinha de domingo. Fomos em direcção à Coca Cola para entrarmos na serra pela subida de Cabanas - 1ª subida! As pernas diziam-me - "já não pedalas à mais de 1 mês, o que esperavas?!?". Não reclamei.

Lá em cima, descemos ( :-) ) até ao vale para depois virarmos no trilho das Oliveiras. Antes de chegarmos à estrada, viragem rápida à esquerda para um trilho que já não fazíamos há algum tempo - o trilho das abelhas. E porque é que se chama assim? Porque além de estar catalogado no strava com este nome, também nos primeiros metros do trilho tem umas colmeias de umas abelhinhas. O trilho obrigou alguns pedalantes a desmontarem, pois a perícia técnica não era compatível com o trilho. Mesmo no final do trilho, a desmontagem era mesmo obrigatória pois o declive positivo ultrapassava as especificações das nossas bikes.

Já em estradão, continuámos a... subir, com umas incursões por pequenos troços de lama. Lama? Aquilo mais parecia barro mastigado com algum lubrificante, pois as bikes patinavam por todo o lado e depois da lama encrostada na bike só saía com a ajuda de utensílios naturais. Como a minha perícia técnica estava em alta, o buraco de lama levou a melhor e um pequeno tralho foi a risota da manhã. Isso e as camadas abismais de lama na bike que nem andava. Ah... e claro, a lama nos sapatinhos brancos - acho que foi mais isso que entusiasmou os meus colegas!

Depois, virámos de regresso ao Vale e seguimos por alcatrão até Palmela para uma pequena paragem. Daqui até Fernão Ferro foi uma rapidinha.

Terminámos com cerca de 48Km pedalados e, não havendo fotos que registassem o momento, posso afirmar que os sapatinhos voltaram a ser brancos depois de uma breve passagem pela máquina de pressão (ehehe!).

Boa semana para todos e parabéns aos Papa Trilhos.

Sem comentários:

Enviar um comentário