SANTIAGO DE COMPOSTELA 2017 - ESGOTADO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Santiago de Compostela 2017 - 15 a 18 de Junho.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Cabo Espichel - 2016-02-05 - 60Km

Reportagem por António Arcângelo

Manhã um pouco fria mas com sol, portanto excelente para um passeio de BTT.

08H20, segui em ritmo acelerado pelo Pinhal do General em direcção ao Parque das Lagoas, onde cheguei já sem frio e tendo à espera a Sandra e a Gina. Cafés tomados, o destino era cabo Espichel.

No Marco do Grilo descemos pelo pinhal e ao fundo decidimos ir pela estrada de Sesimbra, uma vez que as bermas são mais largas e portanto menos perigosas. Pedalando tranquilamente, chegamos à rotunda da Carrasqueira, seguindo pela direita passamos no parque do Cabedal, onde fizemos uma breve paragem para apreciar o mesmo.

Depois da Aduana de Cima, e como a Sandra queria treinar subidas, fomos por Alfarim, e antes do Meco voltamos à esquerda para subir todo o estradão que vai até à N.379. Já no alto, e com o vento a favor foi rápido até chegar ao destino. No cabo, sempre ventoso, mas nunca é demais apreciar a bela paisagem. Tiradas as fotos da praxe, era hora de regressar. Seguindo em direcção ao farol, viemos pelos trilhos da serra da Azoia.

Como é do conhecimento geral, existem alguns obstáculos, (não naturais) terrenos lavrados, vedações com ramos e pedras, mas gingando ou com as bikes às costas lá chegamos à aldeia Nova onde a Sandra e Gina aproveitaram para "comprar" algumas plantas no mercado local. Atravessamos a nacional junto ao hotel dos Zimbros, e atá Alfarim foi sempre a descer. Já não era muito cedo, mas ainda deu para repor umas calorias provando uns doces numa pastelaria local.

Agora sim, vamos para casa que o almoço já espera, e seguimos pela N. 377 em ritmo rápido e com a Sandra a puxar. Tal era a potência que junto ao portão da Apostiça e enquanto se decidia por que lado seguir, e certamente para testar os mecânicos, a Sandra resolveu partir a corrente da bike. A Gina não se atrapalhou e deitou mãos à obra, abrindo o estojo que o Paulo cuidadosamente lhe tinha preparado, sacou um elo e rapidamente resolveu o problema. E assim chegamos a Fernão Ferro, após uma manhã bem passada e com 60 km feitos. Estiveram presentes: Sandra, Gina e Arcângelo.

Sem comentários:

Enviar um comentário