GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações.
- Gala Papa Trilhos 2017, 01 Dezembro - inscrições.


segunda-feira, 7 de maio de 2012

2012-04-28 a 30 Porto - Santiago de Compostela 271km

Reportagem de Rui San
1º Dia
Saída de Lisboa, às 05h00 em direcção ao e, pelo caminho encontro com a outra carrinha e restantes elementos que formavam o o grupo que iria fazer o Caminho Português de Santiago. 
Partimos da Sé do Porto, com um amigo do Messias, que nos iria acompanhar até Ponte de Lima. Os primeiros Kms por algumas ruas dentro da cidade do Porto não foram fáceis pois os sentidos do transito não nos eram favoráveis, ou seja estávamos a pedalar em contra-mão. 
Até Barcelos (local escolhido para paragem para almoço), foi quase sempre por alcatrão, passando pela zona industrial da Maia, Vilarinho e S. Pedro de Rates. 
Chegados a Barcelos constatámos que a cidade estava em festa, parámos para almoçar, e como a ideia era de não parar muito tempo, a escolha caiu sobre uma sopa e um prego para todos, só que um prego em Barcelos é algo que… 
Daqui para a frente, e de barriga cheia, o percurso já seria mais fora de estrada e por entre trilhos e estradões chegámos a Ponte de Lima fazendo a entrada na cidade junto ao rio. 
Neste 1º dia percorremos 97km e 1.450m de acumulado
2º Dia
Para o 2º dia estava destinada a ligação de Ponte de Lima a Pontevedra. 
Assim que saímos de Ponte de Lima, começaram as dificuldades, lama e subidas. 
A subida mais famosa, claro está a da Labruja, que acabou por se fazer com algum à vontade, mas sempre com uns pensamentos altos em forma de desabafo. 
Chegados ao top haveria que contemplar a paisagem e aproveitar para tirar umas fotos e de seguida nos pusemos no rumo novamente, agora a descer, passando por S. Roque, Rubiães (local dos 8 furos aquando da Peregrinação dos Papa Trilhos e, desta vez sem consequências), S. Bento de Porta Aberta até Valença. 
 Chegados a Valença, foi tempo de um belo piquenique arranjado pelos nossos motoristas que não nos deixavam faltar nada. 
Por esta altura o tempo começava a mostrar cara de que iria chover, coisa que até Valença ainda não tinha acontecido. 
E na altura em que decidimos retornar às pedaladas, desata a chover com uma intensidade nada normal e a ligação entre Valença e Tuy foi debaixo de uma valente chuvada com granizo à mistura, felizmente que foi de curta duração. 
Aqui começou a 2ª fase desta Peregrinação agora por terras espanholas, passando por bosques de encantar e de nos deliciar-mos com tamanha paisagem. 
De Tuy seguiríamos até Porriño, Redondela e Pontevedra. Dia marcado pelas subidas mas sempre foram sendo ultrapassadas sempre sem stress e com calma e ao ritmo de cada um. Além de nós que escolhemos este fim de semana para esta peregrinação eu perdi a conta do número de peregrinos com que nos cruzámos, a pé ou de bike, eram muitos mesmo. 
Neste 2º dia foram percorridos 103km e 1.705m de acumulado 
3º Dia 
Para o último dia, as condições climatéricas apontavam chuva e mais chuva, mas mesmo assim nada nos tirava a vontade de chegar a Santiago de Compostela. 
Neste dia fizemos a ligação de Pontevedra a Santiago de Compostela, por entre singles, caminhos, estradões e pouco alcatrão lá fomos nós. 
Neste dia continuo a destacar o trilho que nos leva até Padron, fabuloso e não posso deixar de referir a amabilidade e simpatia do Pepe em Padron. 
Este senhor disponibilizou o seu espaço comercial para nós efectuarmos ali o nosso abastecimento a troco de nada e mais, deixou os nossos motoristas sozinhos no café enquanto ele foi ao médico. Chegamos junto à Catedral desta vez sem os ocupas e as tendas que lá estavam no verão passado. 
De realçar, que ao longo de 3 dias, não tivemos uma única avaria nem furo. 
Neste dia percorremos 71km e um acumulado de 1.140m

1 comentário:

  1. Boas Papa Trilho.
    desde ja muito obrigado por disponibilizares todas estas informações no vosso site.
    venho por este meio pedir-vos ajuda.
    somos um grupo de amigos que gostamos de nos juntar para andar de bicicleta. temos como objectivo ir a SANTIAGO DE COMPOSTELA, a partir do Porto.
    como vi que vocês ja fizeram esta peregrinação, queríamos pedir ajuda para cumprir a nossa.
    gostávamos de ajuda para tal.
    toda a ajuda será bem vinda.
    obrigado.
    sem mais
    os outros do btt

    ResponderEliminar