. . GALA PAPA TRILHOS 2018 - 08 DEZ - INSCRIÇÕES ABERTAS. TRAVESSIA 2019 - STA COMBA DÃO/CHAVES.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.
- Sta Comba Dão/Chaves 2019 - informações
- Gala Papa Trilhos 2018 - informações.
- Equipamentos Papa Trilhos - consultar.



segunda-feira, 26 de abril de 2010

À Caça dos Gambozinos - 2010-04-21 - 36Km

Reportagem de Marlene San

21 de Abril de 2010, estado da Lua Quarto Crescente, dizem os entendidos que é o período mais favorável para fazer uma caçada aos míticos Gambozinos.

Deste modo alguns Papa Trilhos equipados a rigor, partiram à descoberta destes magníficos bichitos…

Partida às 20h do ponto de encontro habitual. Passadas mais umas ruas juntaram-se a nós os restantes caçadores, determinados pedalamos em direcção (quer dizer eu não sabia muito bem em que direcção iríamos mas o objectivo estava traçado pelos guias da Caçada), ao parque Industrial do Seixal, Nacional 10 e chegamos a alta velocidade ao Centro de Estágio do SLB, (pensei… queres ver que os gambozinos estão ali todos concentrados? !!!!). Contornámos a rotunda e seguimos em direcção à marginal do Seixal. Como estava uma noite agradável para a pratica desportiva, cruzávamo-nos com outros praticantes de várias modalidades.

Como ainda não se tinha avistado nada de novo, houve alguém que resolveu dar alento à caçada, e nada melhor que começar por um som já de muitos conhecido, sim esse mesmo o Puffff… Sr. Alex San furava o pneu traseiro da bike. Câmara de ar trocada sobre o olhar curioso de duas crianças que ali brincavam, seguimos caminho (gambozinos nem vê-los…).

Passando pela Cruz de Pau fomos surpreendidos com varias apitadelas e acenares de mão (pois nem à noite passamos despercebidos) - era a Nelly que se dirigia para o seu local de trabalho! Feitos os cumprimentos e despedidas seguimos rumo a destino incerto.

E eis a grande adrenalina da noite… Gambozinos!!!! Não ainda não, passamos a cancela para entrar na Apostiça, escuro como breu - felizmente que o Rui San tinha uma “gambiarra” pública e seguiu na dianteira. Entre “Olha o buraco, água, lama, areia” rompemos a escuridão e num ou outro momento fez-se silêncio, pouco; pois o Félix queria mesmo era “uivar” (Félix isso é noutra fase da Lua…).

Passando a Quinta da Valenciana e já de regresso a casa eis que… pois é amigos um momento único, visto pela 1ª vez… em tempo real… Gambozino??? Não!!! A 1ª queda da nossa Dora Félix com os sapatinhos de encaixe, estilo é coisa que não lhe falta (e umas nódoas negras provavelmente também não).

Finalizamos assim 36Km de boa disposição, lamento mas dos tais bichinhos permanece o mistério…

1 comentário:

  1. Boas,

    Bela reportagem!

    Nas poças também não havia gambozinos, porque tu mesmo confirmaste (se o Néné não suja o pé, suja a mulher do Néné, eh eh eh…).

    A volta foi muito agradável o tempo espectacular e a companhia também, deu para quebrar o stress semanal, obrigado a todos por estes momentos.

    Ps. Agradável porque não cai nem furei…

    ResponderEliminar