Os Papa Trilhos desejam FESTAS FELIZES a todos os familiares e amigos. Um BOM ANO de 2018 com muitos kms a pedalar.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações. Actualizado em 2017-11-27.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.


domingo, 11 de outubro de 2009

Peregrinação a Santiago de Compostela - Pontevedra-Santiago Compostela - 2009-10-05 67km

Alvorada pelas 07h00 para preparar material para esta última ligação, de Pontevedra a Santiago de Compostela e, a primeira reacção foi ver como estava o tempo, não estava a chover, mas enquanto tomávamos o pequeno almoço começou a chover e não mais parou o que levou alguns elementos fazerem alguns acertos no vestuário, os impermeáveis.

Saímos de Pontevedra por volta das 09h00 e seguimos para o centro da cidade em direcção ao rio, para podermos sair de Pontevedra e entrarmos mais em zona rural e aqui chegados, a chuva aumentou de intensidade e fizemos uma paragem para nos abrigarmos, pois não estava a ser seguro continuarmos debaixo daquela chuvada.
Após alguns minutos a chuva abrandou e prosseguimos em direcção a Caldas de Reyes onde iríamos efectuar uma paragem para reabastecimento e carimbarmos as credenciais, percursos efectuado por trilhos muito muito pesados, com muita lama e água, mas muito bonitos.
Em Caldas de Reyes a paragem foi breve pois as condições assim obrigavam que fosse e seguimos para Padrón, onde haveria nova paragem para reabastecimento.
Percurso efectuado por trilhos muito bonitos, até bem perto de Padrón, num serpentear a serra assim como um sobe e desce constante com uma beleza paisagística enorme.
Chegados a Padrón, a paragem programada tornou-se muito rápida, pois estávamos todos enchardos e não era aconselhável a paragem mais longa.

Reabastecimento rápido e carimbo na credencial e seguimos com destino final a Santiago de Compostela.
Poucos km´s depois de Padrón, pfffff, o Zé furou, o que obrigou a uma paragem técnica forçada.
Câmara de ar trocada, problema resolvido e seguimos, passando por Teo, e à medida que os km´s passavam e a distância diminuía começava-se a ver as torres da Catedral e o ânimo aumentou, mas antes ainda haveria de percorrer mais uns km´s com uma subida final que passa junto ao Hospital de fazer mossa em que já levava alguns bons km nas pernas.
Chegámos a Santiago de Compostela pelas 14h00 debaixo de chuva constante com um enorme motivo de orgulho e satisfação de termos ultrapassado as adversidades e dificuldades criadas quer pelas condições atmosféricas quer pelas condições físicas, assim como orgulhosos pelo grupo, pela camaradagem de todos os elementos e acima de tudo de todos terem chegado bem a Santiago de Compostela.
Ligação com 67km e um acumulado de 1253m
Participantes: (8) Rui San, Zé Santos, Neves, Miguel, Barros, Joca, Paulo Marques e o Peixoto
Video



Imagens e edição Rui San

Uma nota final de agradecimento pelo convite que me foi feito pelos elementos do Passatempobike team para os acompanhar nesta Peregrinação.

1 comentário:

  1. Primeiramente dar os parabens pela conclusão do passeio, a todos os intervenientes e acompanhantes, salientando claro está, ao Rui San como membro dos Papa Trilhos. No entanto, gostaria de deixar aqui, não um, não dois, mas sim três reparos. Primeiro e sabendo do esforço que é necessário para pôr toda a logistica em funcionamento para organizar passeios deste género, incluindo os equipamentos a levar, não sei porque razão e só aparece chuva com o seu digno nome, no último dia, em que o Sr Rui San só aparece com o equipamento que foi escolhido por todos e que nos identifica como Papa Trilhos, aparecer com ele vestio e muito a medo junto à "Basilica", em foto de grupo. Segundo, o espaço ocupado em blogue é exagerado e inclusive já ouvi comentários,"granda seca", ter de passar pelas sucessivas reportagens. Terceiro e último, mas não menos importante, depois de tanto trabalho com a inclusão de fotos, vídeo, montagem, ainda não vi qualquer comentário, por parte dos amigos que se fizeram acompanhar nesta aventura pelos lados de Santiago. A repetir sem dúvida, acho.
    Abraço.

    ResponderEliminar