. . . .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão), 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Renovação Seguro FPCUB para 2021 - consulta.





domingo, 12 de junho de 2022

O melhor Pastel de Nata do mundo e talvez até de Portugal - 2022-06-05 - 52Km/386mD+

Reportagem por Pedro Santos

O primeiro domingo de junho parecia ter trazido com ele o tão aguardado verão! Mas numa timidez, não assim tão convicta até porque no dia anterior tinha chovido. 

Enquanto me dirigia para o ponto de encontro, imaginava já o pessoal com paus e pedras, a limpar as rodas da lama, ou vice-versa. 

Mas nada disso aconteceu!

O nosso guia – Alex – escolheu um trajeto bem limpinho.



Com a emoção de voltar às voltinhas domingueiras, já numa forma (invejável) de quem, com a desculpa da pandemia, esteve demasiado tempo envolvido com o sofá e, após meio minuto de paragem para reparar uma ponte da qual tinha acabado de arrancar uma tábua, naquele bocadinho em que tive de acelerar até reencontrar o grupo, só me ocorreu uma frase: - Hoje, estou lixado! Faço um sprint de 300 metros e já rebentei! Ainda com a volta no aquecimento.

Mas nada disso aconteceu!

Com excelente companhia para muita conversa onde de tudo se falou, a juntar às poucas subidas, num ritmo calmo, deu para recuperar. 

O trajeto foi direitinho aos famosos pasteis de Nata de Pinhal Novo!

Valeu a pena! A avaliar pela forma como alguns de nós se agarraram aos pasteis, com o creme a sair por entre os dedos desculpando-se que era por estarem quentes, acabou com muitos a lamber os dedos (cada um, os seus).


 

Com o balanço, até aproveitei para comer qualquer coisa, porque ainda temia que só com as famosas iguarias, pudesse ser insuficiente para o trajeto de volta. Como sempre que acontece com comida, exagerei.

Barriguinhas cheias, cafeina em conformidade, era hora de voltar. 

Num piscar de olhos, estávamos já na Quinta do Conde! Mas isso gerou um grave problema: Chegámos cedo demais e não haveria forma de justificar lá em casa porque tínhamos demorado tão pouco.

Aqui o nosso guia decidiu salvar a coisa e decidiu iniciar uma segunda volta, por uns “atalhos” até à Quinta do Perú.

Num só domingo, os Papa Trilhos fazem duas voltas! Os outros grupos que se roam se de inveja!

O ritmo foi bastante rolante e mesmo com as duas voltinhas, com um pouco mais que a meia centena de quilómetros, chegámos ainda bastante mais cedo que o habitual. Tivemos de fazer tempo a assistir a uma aula de Zumba.

É o que acontece, quando nada acontece! Nenhum furo, nenhuma avaria, nem uma queda….nada!

Para os que saíram de FF, foram 52 Km a queimar calorias de baixo valor acumulado.

E, meus amigos, toca a afinar esses travões, que eu estou de volta! 


 

 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário