. . GALA PAPA TRILHOS 2018 - 08 DEZ - INSCRIÇÕES ABERTAS. TRAVESSIA 2019 - STA COMBA DÃO/CHAVES.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Seguro FPCUB 2018 - informações.
- Sta Comba Dão/Chaves 2019 - informações
- Gala Papa Trilhos 2018 - informações.
- Equipamentos Papa Trilhos - consultar.



quarta-feira, 12 de outubro de 2011

2011-10-05 Cabo Espichel 63km

Reportagem de Isabel Santos
5 de Outubro - Dia da Implantação da República e nada melhor para assinalar a data como umas boas pedaladas! Desta vez com rumo ao Cabo Espichel! 8h00 partida do Parque das Lagoas com direcção à Apostiça. O dia aflorava-se radioso e bem quentinho!
Seguimos então em direcção à Lagoa de Albufeira onde alguém tinha achado por bem fazer uma pequena alteração nos dizeres da placa, embora não se perceba muito bem porquê. Afinal os nossos queridos meninos ainda nunca lá passaram uma noite “bombástica”…
Passando por Alfarim, seguimos para a Aldeia do Meco onde fizemos uma pequena paragem técnica na praia da Bica. “Verter águas”, comer qualquer coisa, preparar para subir…
O Tiago achava por bem que devíamos subir o trilho que se vê na foto, ao fundo, mas acho que o vento estava contra e ninguém o ouviu sugerir tal coisa…
E lá fomos nós rumo ao nosso objectivo, por trilhos tortuosos, com muitas valas e pedras, acabámos por chegar sãos e salvos.
Como na Praia da Bica ninguém foi a banhos, o nosso amigo Ni achou que tinha mesmo que dar um mergulho e lá se atirou para as silvas! Enfim, mais uns arranhões…
Com paragem obrigatória no Cabo Espichel para, apreciar a linda paisagem, reabastecer e “confraternizar” um pouco, estava concluída a 1ª etapa do dia.
Para a 2ª etapa, o regresso, juntaram-se a nós 2 amigos de Fernão Ferro que tinham ido sozinhos mas que já nos conheciam (1 deles já deu uma ou outra voltinha connosco), e que depois de usufruírem da nossa simpática e alegre companhia irão certamente juntar-se a nós em muitos domingos.
No regresso, passámos pela Azoia e antes de chegarmos a Santana tivemos o ponto alto do dia: Lá íamos nós, em filinha indiana no alcatrão, no nosso ritmo certinho quando um grupo de ciclistas, com bikes de estrada e ar arrogante, começou a passar por nós. Não sei como aconteceu mas, de repente, a estrada estava preenchida por um pelotão tipo “volta a Portugal” constituído por eles e por nós! Com um pequeno pormenor: nós estávamos a “curtir” a cena, eles estavam a ficar furiosos! Eis senão quando, o Tiago decide acelerar e ficar na frente do pelotão e com uma boa distância, quando um deles diz, quase com voz de bebé chorão: “-GRRR! até o puto…..” e logo a seguir, em plana subida, o Ni faz-lhes também uma ultrapassagem que os deixa, aí sim, completamente irritados e tiveram que fazer força nas perninhas e valerem-se da única vantagem que tinham em relação a nós, que era as bikes de estrada, e lá disseram: “ – vamos acabar com esta m….!” e foram-se embora!. Tenho pena que não tenhamos registo fotográfico, mas àquela velocidade ninguém ia ousar mexer na máquina!
Mas o aspecto seria mais ou menos este:
Quando chegámos a Santana, decidimos ir pelas pedreiras onde foi a vez do Tiago ter uma queda acrobática. Felizmente, apenas algumas mossas no “cromado”.
De seguida entrámos na Porta de Calhariz e seguimos pelo trilho da Quinta do Perú rumo a Fernão Ferro, onde aproveitámos para repor algumas calorias com um pouco de sumo de cevada bem fresquinho, no café “Entre Pétalas” (e entre 3 lindas flores, claro! A Bela, a Sandra e eu!)
Nota: Todas as marcas existentes nas pernas da Sandra foram feitas antes do sumo de cevada!
Não tendo, por isso, nada a ver com falta de equilíbrio!
Aproveito para deixar aqui um beijinho especial para o meu filho Tiago de quem me orgulho, por ter aparecido por sua auto recriação dizendo: “dormir não mete piada. Mete muito mais ir andar convosco”.
Foi mais uma voltinha dos Papa Trilhos com toda a sua alegria e amizade!Participantes: (12) Nelson San, Sandra San, Nuno Lopes San, Bela San, Mário San, Kimbikes, Tiago, Isabel, Carlos Prazeres San, Mimosa, Tó Zé San e Ni San

Sem comentários:

Enviar um comentário