GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações.
- Gala Papa Trilhos 2017, 01 Dezembro - inscrições.


terça-feira, 8 de março de 2011

Volta dos Parados - 2011-02-26 - 48Km

Reportagem por Marlene San

Há uma semana e uns dias atrás, 5 destemidos e 2 enferrujadas resolveram pôr pés nos pedais e fazer uma voltinha que esticasse o pernil enferrujado. Houve até quem “sonha-se” que ira ver Lisboa desta margem, mas graças ao meu amigo Ni não passou mesmo de um sonho.

Partimos sem destino. Pelo menos eu não sabia mesmo ao que ia. E não é que logo a 1ª paragem foi com o Centro de Estágio do Benfica em Pano de Fundo! Depois de um começo destes não sei mais o que irá acontecer; ouvi e vi entremeadas, couratos, bifanas, 2ª paragem, mas desenganem-se aqueles que pesam que comemos alguma coisa (pelo menos por enquanto).

Andados 1 ou 2 Km e uma alma “gulosa” começou a falar de pastel de nata, docinho e tal e bora lá … e claro está … “Papa” que é “Papa” não pode recusar, 3ª paragem. Com as rodas de novo no asfalto da Marginal do Seixal, seguimos até à Cidade de Amora. Tudo rolava normalmente quando alguém por razões ainda desconhecidas (ou não!) falou em Empadas. Outra voz se “levantou “ e refilou …” vão outra vez parar??? Para comer !!” entre palavras e gestos (todos percebemos que não gosta de empadas!), 4ª paragem , mas desta vez à porta do café das empadas, mas devido a uma avaria mecânica na minha bike.

Desta feita as empadas ficaram apenas no pensamento. Seguimos caminho até à 5ª paragem, um pouco antes da estrada da Nato para repor os açúcares e colocar a conversa em dia, pois a velocidade a que vínhamos a andar era tanta que nem tínhamos tempo para um pensamento.

As minhas pernas começavam a ficar lubrificadas e a ligeira subida da estrada da Nato foi muito relevante para perceber que a estou mesmo “perra”. Depois, entrámos na Apostiça e aí tive o meu momento Zen, pois o silêncio e o cheiro a Primavera que pairava no ar convidava a um momento de introspecção, e sem paragem seguimos trilhos fora.

A 6ª paragem foi feita por cortesia depois da subida da velha estrada de Sesimbra, e como não há 6ª sem 7ª, a última paragem foi mesmo no ponto dos "até à próxima".

Manhã com climatização apropriada e boa disposição a condizer, valeu por tudo esta volta.

Participantes: Paulo Alex San, Ni San, Rui San, Tozé San, Mimosa San, Helena San e Marlene San.

3 comentários:

  1. E não é que a Marlene também pedala! Quem diria... :p

    ResponderEliminar
  2. Pois é temos que ensinar um menino que é preciso nos alimentarmos .Foi uma volta anti-ferrugem só a rolar,mas empada ficou atravessada.

    ResponderEliminar
  3. Nesta reportagem existe uma foto horrivel,na altura que a foto de grupo estava a ser elaborada só de olhar em frente deu-me uma dor de barriga.

    ResponderEliminar