GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações.
- Gala Papa Trilhos 2017, 01 Dezembro - inscrições.


quinta-feira, 22 de julho de 2010

Raios, benditos Raios! - 2010-07-17 - 67Km

Reportagem por Ivo San

Depois de milhares de minutos sem colocar as pernas na “moinha”, depois de dores, depois de repostas as horas perdidas em sono, depois de umas curtas e merecidas férias, depois de isto e depois daquilo, eis que fui andar novamente de bike com o Grande Mimosa, depois de tantos convites, eis que o Zen Boy voltou.

Foi um acordar repentino, pois já estava mesmo em cima da hora e a casa do Mimosa ainda fica a alguns Km´s, foi um vestir algo apropriado e ala que já se fazia tarde.

O dia esse estava radioso mesmo às 07h30, hora combinada, já se via o calor que prometia. O ponto de encontro seria nas bombas da BP pertinho da casa do Mimosa, o mesmo foi pedalando mais à frente afim de ver se haveria mais canditados a este esforço imenso que seria a nossa volta. O objectivo era ser uma volta soft por estrada até Alcochete.

Iniciámos a voltinha em direcção à Penalva, subindo para Cabeço Verde, Alhos Vedros e Moita, onde passamos junto aos preparos para a festa equestre que se irá realizar brevemente. Seguimos junto ao rio pela ciclovia, entrando depois numa outra em direcção ao Rosário.

No Rosário virámos à direita em direcção a Sarilhos Pequenos, onde vimos muitas ratas na estrada, ou ratazanas vulgarmente denominadas, seguindo depois pela estrada nacional a caminho do Montijo, sempre em boa rotação, não fosse eu a seguir o “Fugas”.

Já no Montijo, passámos perto do Fórum, sempre com o sentido do Seixalinho, já com o objectivo de Alcochete praticamente atinjido, foi um rolar constante até lá, onde vimos os preparos para mais uma festa, esta do famoso Barrete Verde. Aqui em Alcochete e depois de cumprimentar mais um amigo do Mimosa, fizemos uma breve paragem para o cafézinho.

Repostas as energias, seguimos pelo meio da vila em direcção ao FreePort, passando mesmo ao seu lado, parando rápidamente numa bica para abastecimento de àgua e logo continuarmos a marcha em direcção ao Passil. Aqui vi pela primeira vez milhões e triliões de “ranhosos”, ou caracóis como lhes chamam, eram aos montes nos arbustos pelos vários km’s que ali percorremos, parecia espetadas de caracois, eram tantos mas tantos todos a passear em alta velocidez tipica Alentejana (estavam parados). Neste troço as pernas e o meu joelho já se queixavam, foram dois meses fora -  "isto pesa", ia pensando eu ao tentar apanhar o meu companheiro de volta.

Chegado ao seu encalce, reparei que a sua roda traseira estava com um rolar um pouco desconcertado, ao que me foi dito que um raio já se tinha partido e para ir andando que iria tirar umas fotos as espetadas de caracois.

Findo essa estrada e já de novo agrupados, virámos à direita em direcção ao Pinhal Novo. Pensava eu quando é que chegava a casa, pois já estava de rastos, quando a roda do mimosa aparentava ter bebido uns bons canecos, andava num vai e vem, “olha já se foram mais dois, encosta aí”, no total 3 “recorde batido” o raio dos raios tinham dado por terminada a nossa volta. Graças aos benditos raios as pernas tiveram uns descanço de rei, pois fizemos o restante percurso numa carrinha branca, num estado bem mais confortável para se fazer bons km´s.

Foram cerca de 67km’s sempre em boa rotação…até certa parte!

Participantes: A lebre e a tartaruga (Mimosa San e Ivo San)

Sem comentários:

Enviar um comentário