ECOPISTA do DÃO - EVENTO CANCELADO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.
- Ecopista do Dão, 16 e 17 Setembro - informações. CANCELADO


domingo, 29 de novembro de 2009

Rota das Adegas - 2009-11-23 - 38Km

Depois da famosa edição de 2008, os Papa Trilhos decidiram participar mais uma vez na edição da Rota das Adegas organizadas pelos companheiros de BTT da Lagoa do Calvo. Para esta edição, os Papa Trilhos haviam aderido em massa, com a participação também da família. A comitiva contava com 24 pedalantes.

A saída do Parque das Lagoas foi cedo. Às 07.30h estávamos já a caminho. Passámos pela Qta do Conde para agrupar com o resto do pessoal e, lá fomos nós com os carrinhos alinhados até à Lagoa do Calvo.

Chegados à Lagoa do Calvo, fomos ao secretariado levantar os nossos dorsais. Não havia qualquer confusão e estavam bem organizados. Uma mesa para as equipas e outra mesa para quem ia pedalar como individual. Começámos por aprontar as nossas máquinas e, já vestidos a rigor fomos para a formatura. A paragem da camioneta foi para homenagear o CaJo San...

Tirada a foto da praxe (e que bem que ficámos!), alinhámos para o inicio do passeio. Com um ligeiro atraso lá começámos a dar as 1ªs pedaladas. O ponto alto deste passeio não era nenhuma subida, mas as várias adegas da região que iríamos visitar. Para esta edição, estava prevista a passagem por 4 adegas.

O passeio era guiado e os anfitriões estavam a fazer um bom trabalho, ficando sempre um nos pontos de viragem e, nos cruzamentos com estradas alcatroadas, lá estava alguém da organização a controlar a nossa passagem. Os trilhos, apesar da chuva da tarde anterior, não estavam muito encharcados. Se não fosse assim, muitos haviam ficado atulhados na areia abundante durante quase todo o percurso.

Alguns kms mais tarde chegámos à primeira adega. Invadimos o espaço e depressa as mesas foram ficando vazias. Com muitos mais atletas em relação ao ano passado, a confusão também era maior, o que não permitiu desfrutar em pleno.

Adegas após adegas, lá íamos pedalando também um pouco. Ia-se assistindo a pedalantes com outras condições mais propiciais a outras actividades que não o BTT. O passeio terminou com um almoço de cozido.

Em relação ao evento do ano anterior, este, embora bem organizado, teve mais confusão, fruto da maior participação de BTTistas (e outros!). No entanto, não deixou de cumprir o objectivo com a visita às várias adegas de região.

Foram 38Km com 498m de acumulado de subidas. Ver estatísticas.


View Larger Map

Sem comentários:

Enviar um comentário