GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.
- Ecopista do Dão, 16 e 17 Setembro - informações. CANCELADO


sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Posto de Vigia - 2009-08-02 - 52Km

Para este domingo estava programada uma voltinha para irmos até ao posto de vigia da Serra da Arrábida. O entusiasmo era grande, pois tratava-se do ponto mais alto da serra, a cerca de 400m de altitude.

Ainda não eram 8h e já se avistavam alguns Papa Trilhos a rodopiar no Parque das Lagoas. Não sei se seria do calor ou outro derivado ilusionista, mas quem já lá estava era... o Cajo San! Em plena estreia com o seu novo GPS, prenda de aniversário de casamento da sua esposa, traçou o caminho desde sua casa até ao ponto de encontro. A eficiência do aparelho está à vista, pois chegou à voltinha sem atraso - obrigado Helena!

Sem grandes atrasos, partimos para a Qta do Conde onde estaria o resto do pessoal à espera. No total, e porque está na moda, éramos 36 rodas - contagem oficial do Papa Trilho Paulo Felix.

Com algumas caras novas e outros regressos, fomos a pedalar em direcção à serra. Fomos pela estrada da Coca Cola e seguimos por um estradão até Cabanas. Aqui foi sempre a subir até ao Cai de Costas.

Com muita pena do Marco San, não subimos o Cai de Costas. Virámos para o lado contrário e descemos o fio dental.

Seguimos serra a dentro, e com alguns trilhos menos explorados, íamos desbravando caminho com as nossas rodas e romper entre a vegetação.

Iniciava-se a subida a caminho do posto de vigia. Ainda havia a dúvida se o portão estaria aberto, correndo o risco de voltarmos para trás, mas mesmo assim resolvemos arriscar. O nosso guia era o Rikybike que nos levou por uns trilhos mais técnicos, com algumas pedras para testar a nossa perícia.

Prova superada, continuámos serra acima. O calor apertava, a água ía-se esgotando, mas o animo estava em alta.

Eram cerca de 5Km a subir, mas ainda antes de chegar lá cima, iam-se revelando paisagens que adoçariam a visão para aquilo que nos esperaria.

Mais uns metros a subir, e deixando para trás um rasto de cansaço e alguma transpiração, éramos recompensados com cenários magníficos em toda a nossa volta. Conseguíamos ver Setúbal, toda a península de Troia, Caparica, Trafaria, Lisboa, Serra de Sintra, ...


Ainda trocámos algumas palavras com quem estava de serviço no posto de vigia.

Não haveria melhor local para tirarmos a nossa tradicional foto de grupo. Todos alinhadinhos, pousámos para a posteridade.

Esperava-nos uma belíssima descida que revelou-se traiçoeira para alguns pedalantes:
- o Sérgio San estreou a sua bike. Foi uma estreia em passeios mas também em quedas;
- o Edgar ficou sem travões e teve serpentear o estradão a pé.
Continuámos o nosso passeio com a descoberta de novos trilhos. A pé ou de bike, valia tudo menos cair.

Para não variar, fomos ainda contemplados com um furo. Desta vez o felizardo foi o Nelson San. Enquanto reparávamos o dito cujo, cruzaram-se connosco alguns elementos do BTTOrange.

Já de regresso, fomos até ao alto das Necessidades. Pelo caminho, o Edgar que continuava com o problema dos travões, deu uma queda, mergulhando na vegetação à beira da estrada. Pelo caminho, abastecemos de água, pois a secura era total.

O Rikybike ainda subiu a um pequeno monte somente para se fazer à foto, pois a descida era só para os duros!

Chegámos a FF perto das 13.30h, com algum cansaço nas pernas, mas de satisfação erguida de mais uma manhã muito bem passada.



Foram 52Km com 1097m de acumulado de subidas. Ver estatísticas.


Ver mapa maior

Vídeo: filmagens e edição por Rui San

2 comentários:

  1. Olá,

    Uma volta muito agradável, por trilhos que nunca tinhamos feito, pelo menos eu, muito bonita a vista do ponto de vigia.
    O filme está muito fixe.
    Beijos e Abraços.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns Paulo Alex pela descrição desta vossa voltinha domingueira, e sem dúvida pela fotos dá para perceber que os 1097 de acumulado rápidamente foram esquecidos quando deslumbraram estas paisagens.
    Quicha um dia me aventuro nestas altitudes...

    Fiquem bem

    Marlene San

    ResponderEliminar