SANTIAGO DE COMPOSTELA 2017 - ESGOTADO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Santiago de Compostela 2017 - 15 a 18 de Junho.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Volta da bifana de Vendas Novas – 2017-04-08 – 134Km/552D+

Reportagem por Joaquim Pena San

A volta programada para hoje era um pouco diferente do habitual, quer em termos de horário quer de distância, assim às 7:30 horas lá nos encontramos no 1º ponto de encontro.


Dirigimo-nos em direção ao 2º ponto de encontro, onde juntamos um bom grupo de 21 pedalantes com vontades de enfrentar os 130km prometidos.


Saímos da Quinta do Conde e fizemos os estradões já conhecidos por todos em direção ao Pinhal Novo.


Entre o Pinhal Novo e o Poceirão encontramos as maiores dificuldades de todo o percurso, principalmente na passagem da Barragem de Valdera. Antes de lá chegarmos encontramos um grupo de BTT da Moita que vinha em sentido contrário e nos informaram que tinham voltado para trás na zona da barragem porque não dava para passar. Eu informei o grupo que tinha passado por lá em fevereiro, por isso também passava-los lá hoje.

Desbravamos um pouco as silvas e fizemos jus ao nome do grupo (Papa Trilhos)


Depois da passagem pela barragem existiam algumas zonas com água em que o guia bem mostrava o caminho, mas o pessoal queria era saltar a cerca.


Antes de chegarmos ao Poceirão aconteceu o primeiro incidente do dia. A bike do Pedro Félix teve um furo.


Saímos dos trilhos e andamos uns 2 ou 3Kms na EN5 onde viramos à direita na passagem de nível do Poceirão e logo à esquerda para entramos novamente nos trilhos.


Seguimos sempre junto à linha do comboia e passamos por Fernando Pó.


Antes de Pegões havia uma enorme poça de água e lama, em que a Gina bem tentava convencer o pessoal que pelo meio é que era.


Depois também á pessoal que arranja todas as estratégia para não sujar o sapatinho Pink novo.


A seguir à localidade das Craveiras o estradão por onde seguia-mos estava cortado por uma vedação recente de rede com arame farpado. Verificamos que do lado contrário da linha havia um estrada de alcatrão, foi então que o Borda D'Água se voluntariou para parar o comboio.


Atravessamos a EN4 um pouco antes do que estava previsto numa zona que já conhecia da maratona de Canha, seguimos o trilho até à ligação ao track que estávamos a seguir, passamos por Bombel.


Continuamos por trilhos até quase à entrada de Vendas Novas.


As casas das bifanas estavam com bastante afluência, por isso o pessoal dividiu-se, uns foram para um lado e outros para o outro.


Fomos tirar foto de grupo no Regimento de Artilharia, onde o João Vieira e o Vítor Rebelo se sentiram mais jovens, pois foi lá que cumpriram o serviço militar.


No regresso andamos uns Kms pela EN4 para tentar ganhar tempo, pois as previsões apontavam para irmos chegar tarde. O restante percurso foi praticamente igual ao de ida, com a exceção da zona entre Fernando Pó e o Pinhal Novo.

No regresso aconteceram alguns imprevistos que serviu para testar o grupo para a grande aventura que se aproxima.
O Parracho resolveu experimentar a utilização do sapato de encaixe na versão triatlo, pois perdeu um dos parafusos que aperta o cleat ao sapato.


Aproveitou também para tocar a camara de ar da roda de trás.


O Júlio fez um teste às braçadeiras chinocas, que parece até funcionaram bem.


O Nelson resolveu experimentar a pedalar só com um crank, também se tem de praticar a mecânica!!!


Para terminar só uma referência ao sapatinho Pink que a Dulce estreou e que consegui fazer toda a volta sem os os sujar.


Um percurso muito bom maioritariamente feito por tilhos e estradões.

Link da volta

Os participantes foram: António Borda D'Água, Arcangelo, Daniel Lourenço, Dulce, Fátima, Gina, Isabel, João Vieira, Júlio, Mário, Mimosa, Nelson, Patrício, Paulo Félix, Pedro Félix, Pedro Lourenço, Pedro Parracho, Pena, Saiote, Sandra, Vítor Rebelo.

Sem comentários:

Enviar um comentário