GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações.
- Gala Papa Trilhos 2017, 01 Dezembro - inscrições.


quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Voltinha do Tudo incluído…só faltou mesmo a Branquinha!!! - 2015-09-13 - 55Km

Reportagem por José Amaro

Com alguns do Papa Trilhos a regressar de férias, como foi o meu caso e ainda no rescaldo da peregrinação a Fátima, a N. voltinha domingueira não contou com muitos duros e talvez por isso o  N. Presidente desde o inicio sentiu um forte ímpeto de apertar com malta que ainda mal tinha esquecido o acumulado da aventura anterior.

E assim fomos andando em grande velocidade pela estrada da Makro, Palmela Village (aqui na expectativa do segurança nos pedir o passaporte, análise sanguíneas, teste HIV e comprovativo de não refugiado, mas desta vez lá nos safámos e passámos bem a fronteira!!) e quando demos conta já estávamos a subir Palmela pelo lado nascente até à conquista do Castelo onde tirámos a fotografia de grupo fantástica com uma vista sobre Setúbal e o N. magnifico rio azul que é o Sado.

Daqui descemos pelo jardim da Cidade e Romana connosco até cá abaixo ao início da Cobra. A muito custo lá convencemos o N. Presidente a não seguir em direção à Branquinha e subimos só a Cobra… coisa pouca!! Ainda bem, que assim calhou a rifa ao Pacheco, que sem ninguém lhe pedir lá quis pagar as “mines” por nos agraciar com o furo do dia. Depois de 50 minutos a mudar a câmara-de-ar ainda obrigou alguns PT´s a usarem a máxima do Arcângelo (subida que é subida no mínimo tem de ser feita duas vezes) e voltaram para traz… parece que o buraco era maior do que o da N. divida pública.

Já todos concentrados em Palmela e a pensar que íamos a caminho das mines, alguém com funções executivas nos PT decide que temos que fazer os Moinhos… mas a malta está forte e lá fomos fazer o Cai de Costas (metade do trajeto com ela às costas mas fizemo-la) até que chegarmos às Necessidades. Daqui seguimos um trilho que passa atrás dos Belos e mais uma buxazinha até ao Moinho, trilho das raízes onde ainda se assistiu a uma queda, mais raízes… nota artística do Borda D’ Agua com saltos que podiam ter corrido melhor ao fotografo KimBikes se ele caísse… até ao caminho da Quinta da Califórnia, Rua do Fisco, Azeitão, Quinta do Picão, Casal Bolinhos, Quinta do Conde, Fernão Ferro e finalmente as mines.

Boa voltinha com N. Presidente destemido mas no final compensado sem dúvida. Mais uma bela volta com cerca de 55km, neste dia com os seguintes participantes: Paulo Alex, Pena, Pedro Santos, Quim Barreto, Pacheco, António Ribeiro, Fátima, Amaro, Pedro e filho e João.

Sem comentários:

Enviar um comentário