ECOPISTA do DÃO - EVENTO CANCELADO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.
- Ecopista do Dão, 16 e 17 Setembro - informações. CANCELADO


quinta-feira, 19 de julho de 2012

À Conquista dos 3 Castelos - 2012-07-14 - 110Km

Reportagem por Kimbikes San

Exagerar um bocadinho, construir castelos no ar, não dizer exactamente o quê e como se passou, são pequenas falhas que toda a gente tem. Assim e para contar toda a verdade, incumbiram-me de escrever sobre a conquista da era moderna dos 3 castelos.

- 7h30m Parque das Lagoas foi o local de saída para a dita conquista. Daqui saíram cinco guerreiros para o próximo local de conspiração, Quinta do Conde onde se juntaram mais 3. Logo de seguida, o Nelson,  que se tinha atrasado.

- 1ª conquista: ataque ao castelo de Palmela, começamos a subir e fomos atacados aí mesmo pelo inimigo. Resultado o alazão do Zé Luis espanta-se e prega com ele no chão. Repelido o ataque, lá conseguimos conquistar o castelo sem mais problemas porque as pernas estavam frescas e a altimetria ainda era baixa. Foto do grupo para memória futura.

Descemos a cobra para logo de seguida subirmos a branquinha. No inicio da mesma foi o meu alazão que se espantou e claro fez-me morder o pó da estrada, mas como não há duas sem três, no final dessa subida vou ao chão outra vez. Corria tudo bem para a próxima conquista, eis que surge mas um ataque, desta vez ao alazão do Lapa na descida em direcção à estrada romana, a pata dianteira do alazão sofre um corte profundo. Valeu a pericia para segurar sem cair e depois o serviço de pronto socorro feito por todos (cortamos, colámos e a coisa até deu para o resto da viagem).

- 2ª conquista: estrada romana e eis que chegamos à fortaleza de Setúbal na qual entramos de surpresa e a vitória mais uma vez foi nossa. Mais umas fotos e ala que se faz tarde.

Descida até às varandas de Tróia, mais umas fotos para depois continuarmos a descer até à Comenda. Demos de beber a nós, pois os nossos alazões não tinham sede. Lá seguimos pelo o trilho da Comenda até à estrada. Uns metros mais à frente, subimos em direcção ao paraíso, mas não subimos, voltamos à esquerda para subir mais um bocadinho e novamente descer até ao parque de campismo.

Passámos pelo trilho do velho das saias e aí já se notava algum cansaço nas pernas, não do alazão, mas de quem ia a pedalar, até porque já se fazia sentir algum calor e alguma fome de bifanas, coisa que o Ni já tinha providenciado. E de repente já estava-mos no café a saborear as ditas bifanas, umas minis e coca-colas.

Surpresa nossa quando vemos chegar o nosso Presidente, esposa e a familia do Ni. Depois do banquete das bifanas e minis faltava a 3ª conquista.

- 3ª conquista: castelo de Sesimbra. Seguimos em direcção às pedreiras e lá no alto à nossa vista lá estava a próxima conquista. Depois de algumas hesitações sobre qual seria a melhor maneira de a fazer, decidimos ir por alcatrão até à parte nascente, subindo pela calçada pedestre. E zás, já está, uns a pé, outros montados, lá entramos pela porta pequena do castelo.

Mas como nem tudo podia ser sempre bom, eis que tivemos a primeira baixa. O Dias sentou-se no banco de pedra e disse: daqui não saio sem ser em direcção a casa. Mais umas fotos e lá fomos nós. Descemos pelo trilho até à doca pesca de Sesimbra para depois subir, subir, subir até ao Zambujal. Daí até ao Cabo Espichel foi sempre a rodar, mesmo com o vento. Mais umas fotos, mais água e ala que já se fazia tarde. Depois de tanto subir, lá rumámos ao Meco, Alfarim e Fernão Ferro para uns e Qta. do Conde para os restantes.

A reportagem pode ser extensa mas penso que o deveria de fazer assim, senão vejamos, entre subidas e descidas, com paragens, fizemos mais de 7horas de bike.

Foi um dia muito bem passado onde reinou a boa disposição, o companheirismo e acima de tudo, a entre-ajuda para que no final ficássemos com vontade de repetir.

Participantes: Kimbikes, Ni, Nelson, Ricardo, Zé Luis, Fernando Lapa, Dias, Rui e o Diogo amigo do Ni.

1 comentário:

  1. Parabéns a todos pelas ditas conquistas, agora vamos aos 4 cumes.Abraço

    ResponderEliminar