GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.30h (horário de inverno). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Tróia/Sagres, 16 Dezembro - informações.
- Gala Papa Trilhos 2017, 01 Dezembro - inscrições.


sexta-feira, 15 de junho de 2012

No Dia de Portugal - 2012-06-10 - 50Km

Reportagem por Amaro

Ora Ora … Algum dia havia de ser o feliz contemplado para fazer o “diário de viagem” de mais uma voltinha da família Papa Trilhos, sendo que o amigo Ni me transferiu esta responsabilidade para o presente dia, que por acaso também foi o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas!!!

À saída do Parque das Lagoas, ainda que o tempo se apresentasse indefinido e com umas gotas que teimavam em cair, dos 16 ciclistas entre os quais três pedalantes convidados, 2 pelo Mário (tio e amigo) e o Tiago filho da Isabel Santos e futuro campeão nacional de triatlo!!! iniciaram o percurso.

Alguns ainda desconfiados com o tempo arriscaram levar protecções contra a chuva, mas depressa concluíram que o bom tempo era para ficar não se justificando os receios iniciais.

Em ritmo descontraído, conversa posta em dia … naturalmente o jogo da Seleção Nacional e a derrota com os Alemães veio à baila… Força Selecção “ai e tal” e com a Dinamarca é vai ser!!! Há que não desmotivar… Conselho que também demos ao iniciado e muito simpático “tio do Mário” onde foi comprovado pelo seu amigo que tinha grande experiência a andar de bicicleta… nomeadamente que todos os dias ia buscar o pão bicicleta (não questionamos a que distância ficava a padaria!!!)

Na Quinta do Conde apanhamos apenas o Paulo Semião e logo nos colocamos à estrada em direcção à Estrada da Makro, viramos a seguir à Cipol em direcção Quinta da Marquesa, estrada dos 4 Castelos até Cabanas, onde voltamos à esquerda e a partir daí lá apanhamos a primeira subidazita, sempre a rolar até aos 200m de altura em direcção ao famoso "Cai-de-Costas" onde descemos de todas as maneiras e feitios, uns a pé, outros de lado (Isabel Santos), de todas as maneiras menos em queda livre felizmente!!

A partir daqui o grupo dividiu-se; uns desceram pelo caminho normal até à estrada de Vale Barris, outros prefeririam o single track (“quebra costas”) que também lá vai dar, sendo que aqui, o amigo Fernando (carinhosamente também apelidado por “camionista”, “perninhas” ou “mais cem”) fez o mais difícil que foi tropeçar numa manilha (diz ele que a manilha fez de propósito!!) mesmo no final do percurso… sem consequências maiores, só o ego terá ficado afetado!!!

A partir daqui a malta ficou a queixar-se dos abastecimentos, houve quem não poupasse na água (eu por exemplo) sendo que seguimos em direcção à Quinta do Alcube, virando num trilho à esquerda antes da antiga estrada nacional que vem do Alto das Necessidades a caminho da Capela de S. Luís, cujo objectivo era a fotografia de “família”.

Olho passarinho… fotografia tirada e lá nos colocamos a caminho da Comenda para finalmente abastecermos. Paragem rápida na Comenda pois a hora já ia longa e o congestionamento era muito, e logo nos colocamos no caminho pelo trilho do Vale da Rasca em direcção à estrada dos Picheleiros.

Neste caminho tivemos o “momento do dia” com várias zonas ainda com vestígios de agua, passando por um ribeiro onde o Ni entregou o prémio “miss sapatinho molhado” a vários nomeados, tendo ganho o prémio o “Tio do Mário” que conseguiu molhar ambos os pés e também aproveitou para lavar integralmente a bicicleta!!! Teve o meu apoio total uma vez que eu também lá passei e também senti a humidade do local!!

Na estrada dos Picheleiros o amigo “Mimosa” separou-se do grupo e foi pela EN10 uma vez que a Gina tinha o “empadão” à espera, e nós lá seguimos até ao cruzamento para o parque de campismo, continuamos ainda na estrada dos Picheleiros e viramos num caminho mais acima à esquerda em direcção à Quinta do Paraíso. Daí para a frente foi só a descer em direcção à Rua do Fisco com paragem obrigatória no Fontanário de Oleiros para novo reabastecimento.

Ganhas as forças para o trajecto final, fomos em direcção à Aldeia Rica, Quinta de S. José onde já íamos sentindo um cheirinho a peixe assado e a fazer lembrar que já levávamos algum atraso para o almoço, atravessamos a N379 e lá entramos no mato novamente, nosso habitat natural. Seguimos pela Quinta da Conceição em direcção à Quinta dos Espírito Santo, virando em direcção à Quinta do Peru.

Ainda houve tempo para um furo do Fernando, sendo fornecido pelo Tony uma bombinha de gás a titulo experimental (a malta não queria dar à bomba), no entanto a experiência não correu bem por falta de livro de instruções …

Avançamos a todo o gás e juntamo-nos ao resto do grupo novamente, via casal do Sapo até Fernão Ferro que já se fazia tarde.

A voltinha com cerca de 50Km teve a presença de 17 duros (Marlene, Sandra, Bela, Dora, Isabel Santos, Fernando, Ni, Nelson, Amaro, Mário, Toni, Carlos Prazeres, Paulo Mimosa, Félix, Tiago Santos, Tio do Mário e amigo do Tio do Mário estes muito simpáticos e esperando que continuem em próximas voltas.

2 comentários:

  1. Parabéns Amaro pela tua reportagem tão promenorizada e bem estruturada! Foi uma boa estreia! a única dúvida que me fica é se tu sabes que o single treck se chama "fio dental" e não "quebra costas".........Isabel SANtos

    ResponderEliminar
  2. Obg Isabel tens razão, o "fio dental" baralhou-me as ideias!!!
    J. Amaro

    ResponderEliminar