SANTIAGO DE COMPOSTELA 2017 - ESGOTADO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.o0h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Santiago de Compostela 2017 - 15 a 18 de Junho.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Ponto de Encontro - Semana 40

Para esta semana temos a seguinte proposta de Ponto de Encontro:
- domingo, dia 03Voltinha domingueira dos Papa Trilhos. Ponto de Encontro às 08.00h no Parque das Lagoas.

Para o passeio habitual agendado para domingo de manhã, teremos a companhia de alguns amigos do pedal que também participaram no nosso by night e com quem habitualmente o Rui San pedala às 4ªs ao final do dia. Por isso, está-se a preparar uma voltinha especial para dar a conhecer a estes nossos amigos a nossa Arrábida, com Posto de Vigia incluído.

Caso haja interesse em combinar mais alguma voltinha, deixem aqui a mensagem para conhecimento do restante pessoal.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Dois Pastéis de Nata, s.f.f - 2010-09-25 - 55Km

Reportagem de Bela

Sábado, dia 25 de Setembro, mais uma voltinha com partida na Quinta do Conde com destino, não às tortas de Azeitão, mas ao pastel de nata da Costa. Saímos em direcção à Fonte da Telha pelo estradão da Apostiça descendo em grande velocidade até à praia. Para daqui sair tínhamos duas hipóteses: ou íamos pela praia (seria o meu baptismo) ou subiríamos o sobe e desce. Optou-se pela segunda já que se fazia sentir “algum” vento.

Chegados à Costa, ainda tentámos pedir não dois, mas três deliciosos pastéis de nata, mas sem sucesso. A sua jura mantinha-se de pé: ”não aos doces” e “para comer só um pastel não como nenhum”.

Tomado o pequeno-almoço, há que queimar as calorias ingeridas. Vamos lá então ver a Costa no miradouro de Capuchos.

Daqui começámos o nosso regresso a casa, passando pela Charneca, (onde andámos à procura da Quinta da Vitória), Belverde, Apostiça e por fim Fernão Ferro.

Foram 55 km de boa disposição, com o Tó Zé a dizer não aos pasteis e eu e o Riky a dizermos “não sabes o que perdes”.

Participantes: Bela, Tó Zé San, Rikybike San

terça-feira, 28 de setembro de 2010

2010-09-26 Arruda Atlântico 101km

Para este domingo propus-me a mais um desafio, passeio de btt guiado por gps, local de partida e de chegada na Arruda dos Vinhos. Saída de Lisboa pelas 07h30 e chegada à Arruda antes das 08h30 com tempo para preparar-mos o material e as nossas bikes para esta aventura.
Partida sensivelmente pouco depois das 09h00 e até estavam presente um bom número de pedalantes, num evento não organizado, ou seja sem inscrição e em autonomia para cada participante e, percurso este que se denominava Arruda Atlântico, mas também se poderia chamar a Volta dos Moinhos, tantos não foram os moinhos por onde passámos junto.

Partida e lá começámos as nossas pedaladas, e desde o inicio começaram logo a formar-se vários grupos.

Percurso este que se pode dividir em 4 etapas, sendo a primeira entre Arruda e Torres Vedras, onde seria nesta fase de ida que apanhamos mais subidas entre estradões e singles muito bonitos, alguns a exigir mais atenção que o normal, também foi nesta altura que se espalhavam ao longo do percurso vários grupos de betetistas e neste caso o grupo onde estava formado por 6 elementos.
Na "2ª etapa", entre Torres Vedras e Santa Cruz, sem problemas de maior no que toca a dificuldades, pois na sua maioria foi efectuado por estradões, denominados por Ecopistas, mas foi aqui que efectuámos 2 paragens por motivos técnicos com a bike do Hermínio, a primeira para afinar o travão traseiro e a 2ª com a corrente partida.
Chegados a Santa Cruz fomos em busca das bifanas que tanto foram faladas ao nos aproximar-mos desta zona balnear.

Reabastecidos e regressámos as pedaladas, agora de regresso a Arruda dos Vinhos, estávamos nós na "3ª etapa", em direcção ao Turcifal fazendo parte da Arriba sobre as praias e novamente a Ecopista.
Chegados ao Turcifal paragem para novo reabastecimento líquido e entrarmos na "4ª e última etapa" em direcção a Arruda dos Vinhos com passagem por Sobral de Monte Agraço. Nesta fase foi quando começámos a fazer mais subidas novamente, que fez subir mais e significativamente o acumulado.
Em Sobral de Monte Agraço nova paragem para reabastecimento líquido e prosseguimos até ao nosso ponto de partida e, daqui a até Arruda foi rápido, mas ao entrarmos em Arruda dos Vinhos mais uma pequena paragem, desta vez por causa de caimbras que comecei a ter, mas passadas estas, prosseguimos e acabámos esta aventura guiada por gps.

Percurso muito bonito, a ida até Santa Cruz praticamente efectuada quase na sua totalidade por estradões e trilhos com uma pequena e muito insignificante parte em alcatrão, o regresso já teve mais estrada, mas não tira em nada de beleza ao percurso. Foi um excelente dia de btt, o grupo andou sempre junto, animado e muito bem disposto.
Obrigado aos restantes elementos do grupo que proporcionaram excelente companhia.

Percurso com 101km e 2176m de acumulado.

Participantes: (6) Rui San, Zé Manel, Paulo, Neves, Carlos e o Hermínio

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Voltinha A descida da Cobra - 18-09-2010 – 58Km

Reportagem Marco San

08:00H Enquanto alguns Papa Trilhos se agrupavam no Parque das Lagoas eu e Rikibyke encontrávamo-nos na Pastelaria Sunset como já vem sido habitual. 08:15H Bombas da Galp da Quinta do Conde ponto de encontro com os elementos vindos de Fernão Ferro. E quem eram? Mário San, Bela e Nuno Lopes San. Foi então que começámos a pedalar em direcção a Palmela.

Chegados a Palmela por onde vamos ??? por onde não vamos??? Que para minha surpresa nunca dantes tal aventura tinha feito que foi descer a cobra. Muito fixe… “Acho que já subi a cobra mais depressa, do que a desci” estou a brincar claro. Mas foi uma sensação muito agradável fazer a Cobra em sentido inverso, não só pela facilidade mas pela percepção que temos que mesmo a descer a Cobra é comprida.

Descemos e fomos direitos a Setúbal, ainda deu tempo para vermos umas lojas em Saldos e fazer umas comprinhas.

Houve quem bebesse um café a ver passagem de modelos???

Sim, passagem de modelos de sapatos de saltos altos, mas mesmo muito altos, pela descrição da Bela, era como se as modelos andassem em pontas. O Nuno que era o repórter fotográfico não registou o momento.

Ainda deu tirarmos a foto de grupo.

Bem, voltando as pedaladas, depois de repormos as energias, pedalamos em direcção à Comenda. Local de passagem para abastecer os bidons de água.

Estava na hora de regressar ao ponto de origem. Começámos a pedalar e uns km’s mais a frente, eu que vinha em último, vejo a Bela a mandar abrandar o Rikibyke e indicar para voltarmos à direita. Reparem bem na velocidade da Bela, não são efeitos especiais, é mesmo verdade…

O Mário gritou logo que não mas a Bela levou a melhor. E como o nosso lema é partirmos juntos e chegarmos juntos acompanhámos a Bela na subida do Paraíso, ufa… Tivemos que descansar um bocadinho mas a Bela esperou por nós.

Vejam a Bela e o RikyBike San as voltinhas a nossa espera.

Depois de tanto subir estava na hora de rolar mais à vontade até Azeitão. Chegados à Quinta do Conde fiquei eu e o Rikibyke e os restantes elementos seguiram até Fernão Ferro. Mais uma bela manhã bem passada.

Participantes: Marco San, RikyBike San, Mário San, Nuno Lopes San e a Bela.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Arrábida - 2010-09-19 - 55Km

Reportagem de Zé Luis

No dia em que os Papa Trilhos se dividiram entre a 3ª Maratona de Almeirim e a voltinha domingueira, passava pouco das 08.15h quando os de Fernão Ferro juntaram-se aos restantes na Quinta do Conde para iniciar o passeio. Lá fomos todos em direcção à Arrábida, em bom ritmo, comandados pelo Rikybike San via Vendas de Azeitão e S.Simão, onde subimos pelas vinhas em direcção ao Vale Paraíso.

Descida efectuada, rumámos em direcção ao Parque da Comenda, trajecto onde houve dificuldade na zona da travessia da ribeira (de areia). Chegados à comenda Uff!, que o ritmo estava vivo. Foi altura retemperar esforços e meter combustível no depósito.

Aqui combinámos ir beber um cafezinho na Praça do Bocage em Setúbal e passarmos na fronteira marítima de Setúbal. Diligências efectuadas, seguimos pela Baixa de Palmela para subir a cobra, sem que antes o Ricky tivesse uma avaria momentânea no GPS! Pois no mesmo não lhe aparecia a localização correcta do posto de vigia.

Subida a cobra, a fotografia da praxe foi tirada no miradouro (já habitual) em Palmela.

Daqui rumámos à Quinta do Conde via Quinta do Anjo, antes que se fizesse tarde.

Os participantes deste passeio de domingo protagonizado foram o Carlos Prazeres San, Rikybike San, Nuno Lopes San, Zé Luís, Tony e Pedro.
Distância 55kms, media 19 km/h

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Ponto de Encontro - Semana 39

Para esta semana temos a seguinte proposta de Ponto de Encontro:
- domingo, dia 26: Voltinha domingueira dos Papa Trilhos. Ponto de Encontro às 08.00h no Parque das Lagoas.

Caso haja interesse em combinar mais alguma voltinha, deixem aqui a mensagem para conhecimento do restante pessoal.

3ª Maratona de Almeirim - 2010-09-19 - 45Km

Os Papa Trilhos lá foram para mais uma representação em eventos oficiais. Desta vez foi a cidade de Almeirim que foi presenteada com a nossa visita. Era dia de BTT com a realização da 3ª Maratona de Almeirim.

Chegámos cedo ao local com tempo de tratar tudo com bastante calma. Fomos levantar os dorsais, e começámos a preparar as nossas bikes para as pedaladas. Ainda faltavam uns largos minutos para a hora oficial da partida, já era grande a confusão no denominado controlo 0. O local de entrada do controlo era o mesmo que o de partida e a passagem era a conta-gotas. O atraso da partida foi inevitável.

Os 1ºs Kms foram pela cidade, sendo a partida oficial já à saída de Almeirim. Dizem os comentários de quem ia lá frente que só faltavam os atropelos, mas garanto, que cá trás, estava tudo com tranquilidade (e não sou o Paulo Bento!).

Pouco depois, deixámos o alcatrão e entrámos nos trilhos. Até aqui estava a ser um percurso rolante, mas pouco depois começámos a rolar em trilhos onde a areia predominava.

Sem grandes percalços, fomos acumulando Kms. A 1ª grande subida era e intitulada "subida de Fátima" com muitas pedras e uma inclinação invejável. Subir a pé passou a ser a regra.

De lá de cima a vista era excepcional e seguimos viagem num percurso com algumas pedras e areia para todos os gostos. Mesmo assim, era quase sempre possível passar de bike, desde que o balanço fosse a condizer.

Passámos por alguns pontos de água, com paragem obrigatória, e abastecimentos onde tínhamos à disposição várias variedades de sólidos e líquidos. O calor também marcou este dia que ia fazendo mossa adicionado ao esforço físico.

Já quase a chegar à meta, o único percalço da nossa participação aconteceu. Numa passagem incauta em pleno alcatrão, o CaJo ppfffffffffffff.... Pronto, não foi o CaJo, mas o pneu da frente da bike que o transportava.

Reparação rápida e seguimos viagem, para em equipa, passarmos a linha de chegada... mas sem tempos contabilizados, pois dizem as regras da Federação que só eram classificados os atletas que passassem a linha de chegada até 2h da passagem do 1º!!! Não fomos ali para os tempos, até porque as nossas 2h já lá iam à "long time ago", mas....

Seguiu-se um dos melhores momentos do evento que foi o almoço. Um excepcional (e não estou a exagerar) almoço com serviço a condizer, apetrechado da famosa sopa da pedra e com febras no prato principal. De repetições várias e chorar por mais!

Os pedalantes:
40Km: Paulo Alex San, Marlene San, Paula Crespo, Rui San, CaJo San, Helena San, Fernando Lapa, Mimosa San, Gina San
80Km: Jorge Nunes

Agradecimentos:
À família Penteado nas pessoas do Ni San, Isabel, Rute e Xana, e Mariana que nos acompanharam como staff dos Papa Trilhos.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Fertagus oferece viagens a utilizadores de bicicleta

Nos dias 16 e 22 de Setembro, datas que marcam o início e o fim da Semana Europeia da Mobilidade, a Fertagus irá oferecer o transporte a quem se apresentar de bicicleta, sem restrição de horário. Esta é apenas uma das várias iniciativas que serão levadas a cabo pela empresa do “comboio da ponte” durante a Semana da Mobilidade relacionadas com a mobilidade urbana, em conjunto com as Câmaras Municipais de Almada e Seixal e respectivas Agências Municipais de Energia e com Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa. Entre outras actividades, irá decorrer animação nas estações, trocas de lixo reciclável por títulos de transporte, iniciativa na qual a Fertagus participa, conjuntamente com outros Operadores de Transporte Público do Concelho de Almada e a AmarsulL. Em conjunto com a Ameseixal, vão também ser colocados nas estações, horários de comboio em Braille para consulta.

in Transportes em Revista.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

6º Mega Passeio BTT Seixalíadas no dia 10 de Outubro

O Centro de Canoagem da Amora vai mais uma vez organizar o passeio de BTT no âmbito das Seixalíadas 2010. Este passeio está agendado para o dia 10 de Outubro com o seguinte programa:
07:00h - abertura da secretariado
08.45h - fecho do secretariado
09.00h - inicio do passeio
Local: Coreto da Amora na Av. Marginal

A inscrição no passeio poderá ser efectuada através do mail ccamora@gmail.com (indicar nome, BI, ano de nascimento, contacto telefónico, localidade de residência, nome personalizado para dorsal - ver indicações de inscrição) e é gratuita. A inscrição inclui uma t-shirt, participação no passeio, reforço alimentar durante o passeio e seguro.

O passeio terá a extensão de 35Km e uma dificuldade física/técnica de 3/2.

Mais informações no Clube de Canoagem da Amora e no site das Seixalíadas.

PARTICIPAÇÃO PAPA TRILHOS:
1. Fernando Lapa
2. Paulo Alex San
3. Marlene San
4. CaJo San
5. Helena San
6. Paula Crespo
7. Carlos Prazeres San
8. Isabel Santos
9. To Ze San
10. Mimosa San
11. Gina San
12. Marco San
13. Sónia
14. Rikybike San
15. Tony
16. Nuno Lopes San
17. Jorge Gois
18. Zé Luis
19. Rui San
20. Mário San
21. Bela
22. Nelson San
23. Sandra
24. Felix San
25. Dora

sábado, 18 de setembro de 2010

Voltinha ao Pinhal Novo (e o poste que não se desviou) - 11-09-2010 - 55km

Reportagem de: Nuno Lopes San

Sábado dia 11 de Setembro de 2010, nada melhor do que agarrar nas bikes e pedalar, pedalar, pedalar…, para uns a continuação desta rotina, para outros, regresso de umas férias bem merecidas.

Desta feita juntámos-nos eu, o Mário a Bela o Tó Zé e o Paulo Felix (qual GPS qual quê) no parque das Lagoas às 8h e seguimos em direcção á Quinta do Conde para nos encontrarmos com o Riky e o Marco.

Cumprimentos dados, seguimos pela Penalva até ao Pinhal Novo onde já é habitual, quando por ali passamos, beber um cafezinho. Ainda não foi desta que conhecemos a empregada conhecida do Mário, a D. Ermelinda, que mais uma vez baldou-se ao serviço.

Com o cafezito e algo mais tomado ainda houve tempo para uma visitinha ao irmão do Mário (onde fomos muito bem acolhidos). Continuamos em direcção à Auto Europa. Se terminasse aqui a reportagem poderia dizer que foi uma volta sem incidentes, mas uns metros mais à frente alguém lembrou-se de colocar um poste no sitio errado à hora certa, e que o diga o nosso amigo Felix San que, olhando para o poste, deveria de estar a pensar "se não te desvias eu também não!" E Piimmmmbaaaaaaaa... até o poste abanou e os animais da selva fugiram. O mais importante foi que ninguém se aleijou...

Continuamos para a famosa ponte do fetiche do Riky, onde aproveitamos para tirar a foto de grupo.

Passamos pela Quinta da Areia e chegamos à Quinta do Conde onde ficou o Riky e o Marco. O resto da comitiva seguiu para Fernão Ferro.

Participantes (7): Nuno Lopes San, Riky San, Tó Zé San, Mário San, Bela, Marco San e o actor principal Paulo Felix San.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Seixalíadas 2010 - Festa de abertura dia 18 de Setembro

Vem à Festa de Abertura!

Clubes, técnicos, atletas, dirigentes, autarcas e população em geral, são convidados a participar num momento de saudável convívio e confraternização

Iniciativa marcante em todas as edições da Seixalíada, a Festa de Abertura assinala o “pontapé de saída” para quatro semanas de intensa actividade desportiva. São mais de 70 modalidades e milhares de atletas, espalhados pelas diferentes localidades do concelho do Seixal.

A Festa realiza-se todos os anos num local diferente. Os clubes, técnicos, atletas, dirigentes, autarcas e população em geral, são convidados a participar num momento de saudável convívio e confraternização, onde a bandeira do Desporto Popular sobe ao ponto mais alto do mastro.

Este ano, Corroios foi a freguesia escolhida para receber a abertura da 27ª Seixalíada. Agendada para a Quinta da Marialva, onde habitualmente se realizam as conhecidas Festas da Vila, terá início pelas 16:00 horas.

O arranque da Festa faz-se com o habitual desfile das bandeiras dos clubes e instituições participantes. Segue-se uma demonstração de dança, as intervenções protocolares e o hastear da Bandeira da Seixalíada, este ano saudada com espectáculos de acrobacia aérea e pirotecnia. No final haverá o acender da Pira, uma tradição que simbolicamente declarará aberta a 27ª edição.

Programa
15h30 | Recepção dos participantes
15h45 | Recepção dos convidados
16h00 | Desfile das Bandeiras Protocolares – Nacional | Município | Freguesias | Bandeiras das Colectividades e seus atletas
16h20 | Coreografia de Dança e apresentação da Bandeira da Seixalíada
16h30 | Momento Protocolar
. Discursos protocolares;
. Apresentação e hastear da Bandeira da Seixalíada;
. Acender da Pira.
17h00 | Realização de actividades desportivas diversas
18h30 | Encerramento da Festa de Abertura

São diversas as actividades desportivas e de animação, agendadas para esta tarde: aula aberta de Danças Europeias; demonstração de Dança do Ventre; animação de rua com malabaristas, modeladores de balões, homens gigantes, pinturas faciais; Comboio a Carvão; um picadeiro com póneis e cavalos e um balão de ar quente.

Desportivamente, a Festa de Abertura é caracterizada pela diversidade que sempre orientou o programa da Seixalíada: Percursos Gímnicos; Jogos Tradicionais; Basquetebol; Trampolim; Boccia; Ténis de Mesa; Matraquilhos; Caminhadas; Ciclismo; Voleibol; Ténis de Campo; Artes Marciais; Andebol; Escalada; Slide; Aeromodelismo; Xadrez; Damas; Dominó; Sueca; Tiro ao Alvo com Chumbo; Setas; Esgrima; Atletismo; Radiomodelismo; Malha; Petanca e Futebol.

in site da seixalíada.