GALA PAPA TRILHOS 2017 - 10º ANIVERSÁRIO - 01 de Dezembro. .

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.
- Ecopista do Dão, 16 e 17 Setembro - informações. CANCELADO


segunda-feira, 31 de agosto de 2009

2009-08-30 Arrábida 50 km

Depois de um fim de semana que mobilizou muitos elementos Papa Trilhos e familiares até terras da Vidigueira estava marcado para este domingo o regresso às voltinhas domingueiras.
Domingo marcado pelo calor e pelos 3 pontos de encontro agendados.
Os tradicionais, o do Parque das Lagoas, e junto às bombas da Galp na Qtª do Conde, o 3º ponto de encontro foi em Lisboa, em que Rui San e o João deslocaram-se até à Qtº do Conde de comboio.
Quando se pensava que seria uma volta com poucos participantes, eis que surge uma visão com enumeras bikes a chegarem à Qtª do Conde provenientes do Parque das Lagoas e, começámos a contar e eis que chegamos ao belo número de 23, compondo assim o pelotão para a nossa volta.Grupo formado e lá fomos nós em direcção a Cabanas, subindo depois até junto do Cai de Costas.
Aqui chegados descemos pelo fio dental até ao estradão do Vale de Barrios, seguindo até junto das oliveiras, aqui tivemos um abandono do grupo.Descemos até à antiga estrada das Necessidades e atravessámos a N10 até à Aldeia Grande com o sentido de ir até à Comenda.

Paragem "obrigatória" para reabastecimento sólido e especialmente líquido, pois o calor já apertava e mostrava sinais que iria ser ainda mais.Prosseguimos "viagem" por estradão, sempre com a Cecil em linha de vista, com um sobe e desce (mais sobe que desce), aliás foi nesta zona que se registaram as duas quedas, a do Tó Zé San e a do Rui San.Percurso em direcção à estrada de Picheleiros, que efectuámos um pouco e, claro está virámos à direita para subirmos para irmos em direcção ao Vale do Paraíso e, claro está para subirmos a bela subida do paraíso. Subida feita, um compasso de espera para reagrupar, poiso sobe, sobe, desce e sobe já deixava marcas em alguns elementos.
Reagrupados prosseguimos à procura desse bem essencial, a água e, foi junto a S. Simão que pudemos reabastecer e aproveitamos para tirar a tradicional foto de grupo.
Daqui para a frente seguimos com o objectivo, o "ponto de partida" da nossa volta.
Foi uma volta marcada pelo muito calor, pela boa disposição, pelas quedas e, pela estreia de alguns elementos.
Participantes: 24, com um abandono pelo percurso
Volta com 50 km

1 comentário:

  1. Olá,
    Uffa… estava a ver que as subidas e mais subidas não acabavam, já com quase três semanas sem pedalar e com mais dois kilitos esta voltinha foi mais dura do é habitual.
    Com subidas de fazer faltar a respiração e as decidas tão acentuadas e técnicas que só se fazia com a menina na mão para não se correr o risco, de se lhe fazer “um risco”, pois o nosso cromado é o menos, volta a crescer.
    Uma volta bem agradável onde como não podia deixar de ser, reinou a boa disposição e amizade.
    Beijos e Abraços

    ResponderEliminar