BY NIGHT 2017 - 29 DE JULHO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

by night 2017

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- Santiago de Compostela 2017 - 15 a 18 de Junho.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Olha a Chupeta - 2009-01-25 - 53Km

O dia amanheceu com chuva, aliás, nas vezes que acordei durante a noite, estava sempre a chover. Ainda houveram algumas duvidas sobre o ir pedalar, mas o Mimosa esclareceu-mas... "não é a chuva que intimida um Papa Trilho". Tá dito!!!

Assim sendo, saí de casa sem chuva, mas com o céu a avisar-me que não escaparia de uma molha. O encontro foi no sitio habitual - Parque das Lagoas. Saímos depois, já com bastante atraso até à Qta do Conde onde já estava o resto do pessoal à espera.

No total, éramos 12: Paulo Alex San, Rui San, Gina San, Helena San, Ni San, Rikybike San, Fernando San, Mimosa San, Ivo, Fernando, Luis Ferreira San e o aniversariante CaJo San.

E lá fomos nós... após alguns quilómetros chegámos a abanas onde efectuamos uma pequena paragem para abastecimento na pastelaria local.

Seguimos depois por uns trilhos e muitas voltinhas até à Qta do Anjo e depois, Lagoinha e Olhos d'Água.

Fizemos um pouco de alcatrão até à linha de comboio de depois seguimos num trilho paralelo a este até ao Pinhal da Marquesa.

Já quase a chegar à Qta do Conde, parámos na casa do Mimosa onde começou a chover com alguma intensidade. Abrigámos-nos um pouco e o Mimosa ofereceu um acessório ao aniversariante CaJo San, que o poderá ajudar em futuras voltinhas de bike.
Digam lá se não lhe fica bem? Até pensei em colocar no fundo no nosso blog! Acham que ira afectar o nº de visitantes?

Aproveitámos também para tirar a tradicional foto de grupo.

Seguimos em direcção à Qta do Conde, mas pelo trilho que o Rikybike San já nos havia levado uma vez, onde atravessámos um ribeiro por uma pequena ponte de madeira.


Foram 53Km com 717m de acumulado de subidas.


View Larger Map

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Passeios para esta semana

Depois de um fim de semana em que o tempo não nos sorriu, mas que não intimidou os Papa Trilhos, vamos lá pensar nas próximas pedaladas.

Para este fim de semana temos mais um Papa Trilhos on tour, desta vez até Salvaterra de Magos, para participarmos na Maratona BTT Vencer o Cancro.

Programa das festas:
- 06.50h: ponto de encontro no Parque das Lagoas de FF
- 07.00h: saída do Parque das Lagoas de FF
- 07.10h: ponto de encontro na BP da Qta do Conde
- 07.20h: saída da BP da Qta do Conde
- tempo de viagem estimado: 01.20h
- 09.45h: fecho do secretariado da prova
- 10.00h: inicio da maratona

links de interesse para este evento:
- mensagem do nosso blog
- site oficial do evento
- percursos
- discussão no ForumBTT

Para quem não vai participar neste evento, mantém-se a voltinha domingueira habitual com ponto de encontro às 08.30h no Parque das Lagoas. Poderão discutir aqui se haverão participantes para a voltinha e sugestões para o percurso.

Aniversário de Ni San - 2009-01-28

O aniversariante de hoje é o Papa Trilho Ni San. Vamos dar-lhe os parabéns!


Não nos poderemos esquecer da sua enorme atenção para com os Papa Trilhos, disponibilizando a sua carrinha para o transporte das bikes nas deslocações dos Papa Trilhos aos vários passeios que participamos.

Parabéns!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Aula de Spinning - 2009-01-24

A estreia dos Papa Trilhos no Spinning aconteceu este fim de semana. O ginásio SportCity da Quinta do Conde acordou com os Papa Trilhos uma aula de confraternização do grupo e de experiência deste novo tipo de desporto indoor.

Às 14.00h começaram a chegar os primeiros participantes e de seguida fomos entrado nas instalações. O SportCity é um novo espaço desportivo situado na Quinta do Conde que foi inaugurado a 15 de Outubro de 2008. Conta com cerca de 4.000m2 de área e está preparado para a prática de diversos desportos.

Os Papa Trilhos foram encaminhados para os balneários onde começaram os 1ºs preparativos para o evento. Equipados a rigor, começámos a distribuirmos-nos pelas várias bicicletas. As meninas já haviam ocupado a fila de trás (ainda não percebi porquê, pois o que fazia sentido era o contrário!).

E começou a aula... um breve briefing sobre a modalidade, como funcionam as bicicletas e de seguida um pequeno aquecimento.

A animação e boa disposição era geral. Levantar posição 3, passa para 2, ajusta a carga, pequenos ajustes fazem a diferença, senta, toca a subir novamente... (já estou cansado!)

Acho que devemos ter feito umas 3 vezes a subida das antenas, mas a verdade é que ninguém desistiu.

A aula durou cerca de 1 hora e posso dizer que numa voltinha de bike não costumo transpirar tanto.

O "camera-man" de serviço foi o Carlos Prazeres San, que infelizmente não podia estar a pedalar connosco. Ainda fez uma pequeno vídeo quando nós estávamos a caminho das antenas (ou pelo menos imaginávamos...)


Depois de um belo banho, fomos recuperar as calorias para o bar do ginásio (não queríamos entrar em fraqueza!)

Foi uma experiência interessante que desde já agradecemos ao SportCity, nomeadamente o nosso amigo Jacinto. Este desporto poderá ser encarado como um complemento às nossas voltinhas.



Estatísticas:
- tempo de andamento: 1:03:32
- tempo de paragem: 0:00:0 (inclui abastecimentos)
- média de andamento: 120Km/h (em pensamento)
- nº de subidas: 4x+1, onde x tende para mais infinito
- acumulado de subidas: antenas x 3
- distância: dos balneários para o ginásio, do ginásio para os balneários, dos balneários para o bar (150m estimados)

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

4ª Maratona Internacional de Idanha 2009

O Papa Trilho Ze San falou-me neste evento que tem sido uma referência do BTT pelo facto de unir 2 países vizinhos, e, entre outras coisas, pelas paisagens de grande beleza que o percurso proporciona.

Foi efectuada a apresentação do evento através de um vídeo que convido todos a verem. Não se irão arrepender.



A maratona tem data agendada para 9 de Maio (é verdade que este mês já tem umas quantas que também gostaríamos de participar - Porto Côvo)! Este evento vai já na sua 4ª edição.

O percurso cruzará as povoações de Idanha-a-Nova, Zebreira, Segura, Salvaterra do Extremo, Zarza la Mayor, Toulões, Alcafozes e Idanha-a-Nova, percorrendo locais de interesse histórico e cultural, como sejam: Castelos, igrejas, capelas, fontes romanas, calçadas romanas, Pelourinho, etc.

Na maratona participarão betetistas Portugueses e Espanhóis que terão o privilégio de passar por singletracks em Espanha e em Portugal, algumas nunca utilizadas, cruzando o rio Erges e seguindo em direcção a Zarza la Mayor. Este percurso permitirá observar o Castelo medieval de Penafiel e uma Cruz de origem portuguesa.

Localizado numa fraga granítica de rara beleza e integrado no Parque Natural do Tejo Internacional, reconhecido como um dos GeoPark´s da UNESCO, este local é habitat de várias espécies de aves de rapina, onde se destacam os Grifos e Águia Real.

Em Espanha, terão oportunidade de desfrutar a beleza destas paisagens, das historias de contrabandistas, dos monumentos, represas, rios e ribeiros, em suma, do Tejo Internacional e da sua fauna e flora 100% natural. Nesta prova, as bicicletas todo-o-terreno, irão subir e descer por vias romanas e alguns singletracks virgens, um dos principais atractivos.

Há 3 modalidades de percursos, o principal, tem aproximadamente 104 kms e cerca de 2.000m de desnível. O 2º trajecto com cerca de 50 kms de extensão(1/2 Maratona). A 3ª modalidade compreenderá 50kms+50kms, a ser efectuada por uma equipa de 2 elementos, o 1º elemento partirá de Idanha-a-Nova e terminará a sua participação em Zarza la Mayor, cumprindo os 1ºs 50 kms, o 2º elemento iniciará, em Zarza la Mayor, a 2ª metade do percurso, perfazendo também 50 kms( o transporte de ida-Zarza la Mayor e volta-Idanha-a-Nova, será da responsabilidade dos participantes).

Mais informações no site da maratona.

Podem também consultar 2 artigos da organização com a preparação do evento e algumas fotos: artigo1, artigo 2.

Fotos retiradas do ForumBTT da maratona de 2008.

ACTUALIZAÇÃO
As inscrições para esta maratona já estão abertas.

O valor da inscrição é de 20€ e inclui:
- Seguro de acidentes pessoais
- Abastecimentos sólidos e líquidos
- Apoio mecânico
- Refeição após a conclusão do evento
- Brindes
- Sorteios

O pagamento poderá ser efectuado através do NIB 0045 9060 40226863971 79

A inscrição poderá ser efectuada online. Consulta de inscritos.


Consulta da lista de participação Papa Trilhos e pagamentos de estadia - link
(os valores ainda são provisórios, pois ainda não existe confirmação das reservas)

domingo, 25 de janeiro de 2009

Aniversário de CaJo San - 2009-01-25

O nosso Tesoureiro está de parabéns. Hoje o CaJo San comemora mais um aniversário. Com a sua calma, lá vai ele pedalando junto dos Papa Trilhos. Parabéns!

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Passeio de Setúbal a Vila Real de Stº António - 3º Dia (Alcoutim - Vila Real Sto António) - 40Km

Depois de um dia cheio de aventura, perspectivava-se um dia bastante mais calmo. A manhã amanheceu com alguma neblina, mas menos fria que o habitual.

Começámos por fazer o aquecimento nas máquinas disponibilizadas pela pousada.

O aquecimento do Mimosa foi feito de outra forma. Depois de na noite anterior, quando chegou ao quarto, viu que tinha um furo, hoje de manhã ao levantar-se tinha outro furo na outra roda. Score - Paulo: 2, Mimosa: 2.

Para que a chegada a Vila Real Sto António fosse a tempo de apanharmos o 1º comboio, decidimos partir e tomar o pequeno-almoço pelo caminho. Assim, fizemos-nos à estrada e começámos as nossas pedaladas cerca das 08.00h.

O percurso era sempre por alcatrão, e pelo caminho tínhamos algumas subidas que deram mais luta que o habitual, pois agora já levávamos a nossa bagagem toda, ou seja, estávamos carregados que nem burros!

Pelo caminho, íamos apreciando as bonitas paisagens, que de outra forma passariam despercebidas.

Após alguns quilómetros e dores nas costas (eu que o diga!) parámos para tomar o merecido pequeno-almoço. Invadimos o café local e entre sandes de presunto, queijo no típico pão alentejano (embora já tivéssemos no Algarve), ninguém ficou com fome!

O grupo aqui partiu repartido, pois uns iam mais carregados que outros. O Rui San teve a amabilidade de levar a minha mochila, para aliviar as dores nas costas (os meus agradecimentos!!!). Fomos pela estrada do Azinhal, onde o Mimosa San fez questão de tirar uma foto.

Ainda antes do Azinhal, podemos desfrutar duma bela descida.


Pelo caminho ainda parámos para abastecer de água. Um abastecimento à antiga, cujo mecanismo ainda funcionava em pleno.

Continuámos pela estrada fora e Vila Real já estava à vista. O entusiasmo elevou a moral já com o sabor de objectivo cumprido. Parámos na rotunda para Castro Marim para reagrupar o pessoal.

Os poucos quilómetros que nos separavam do destino foram feitos com um sorriso de orelha a orelha. Finalmente avistámos a placa de Vila Real de Sto António e o momento foi amplamente registado.

A chegada a vila Real foi perto das 12.00h após 43Km. Como o comboio era às 13.10h, ainda tínhamos tempo para mudar de roupa, comer alguma coisinha e carregar as bikes no transporte que já estava à nossa espera (os nossos agradecimentos também a quem foi ao Algrave de propósito para ir buscar as bikes). Alguns ainda foram a casa do Mimosa tomar um pequeno banho e mudar de roupa.

A cidade de Vila Real de Sto António foi fundada em 1774, por ordem do Marquês de Pombal, a cidade foi construída em menos de dois anos sobre o areal junto à foz do Guadiana. O objectivo era o de controlar o comércio neste importante ponto de fronteira e desenvolver as pescas, que mais tarde fariam surgir a industria conserveira. Hoje é uma cidade virada para o comércio e turismo, tendo o privilégio de se encontrar na foz do Guadiana (que a limita a nascente), junto à praia (limite sul), ao pinhal (a poente) e à Reserva Natural do Sapal (a norte).

O comboio regional que partiu de Vila Real de Sto António, levou-nos até Faro, onde depois apanhámos o Alfa-Pendular até ao Pinhal Novo.


A viagem foi aproveitada para descansar e fazermos o balanço desta indescritível aventura. Uns não conseguiram disfarçar os pensamentos profundos que lhe iam na alma.

Chegámos ao Pinhal Novo ainda não eram 17.30h e tínhamos uma recepção digna de campeões. As nossas meninas foram receber-nos com a qualidade que nos já habituaram.

Para quem pedalou os 3 dias foram mais de 300Km e um acumulado que ultrapassou os 3.000m de subidas (3.240m). Os que pedalaram durante o sábado e domingo, acumularam 149Km e 1.946m de subidas.

Foi uma experiência inesquecível que proporcionou muitos momentos de boa disposição e a fazermos algo que realmente gostamos - andar de bike no convívio com os amigos. Obrigado a todos!

Venha a próxima aventura!


View Larger Map

Como nesta aventura tivemos muitas fotos, tive de dividi-las em 2 alguns. Aqui ficam elas.

Álbum 1:


Álbum 2:

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

O passeio dos Cinco - 2009-01-18 - 50Km

Reportagem de Marlene San

A manhã estava serena, a temperatura amena e a humidade do ar qb.

Prontos para pedalar lá estavam quatro Papa Trilhos no local habitual.

Desta vez, e porque alguns elementos do grupo se aventuraram por terras longínquas, o grupo estava mais reduzido mas com a mesma dedicação de sempre.

Vestidos a rigor e com vontade de aquecer os músculos partimos em direcção à Quinta do Conde, onde nos aguardava o quinto elemento.

Decidido o destino da aventura foi só pedalar.

Rumo a Brejos de Azeitão, Azeitão sem parar na maravilhosa pastelaria das tortas… (Oh, Cajó onde andavas tu?)

Sempre a “Bombar” era o lema dessa manhã e assim foi até ao Alto das Necessidades.

O break para restabelecer as energias foi feito no estradão para Palmela a contemplar uma deslumbrante paisagem. Energias repostas e boa disposição ao rubro, seguimos até Palmela onde tirámos a já tradicional foto de “Família” (e desta feita convido-os a descobrirem a diferença).

E porque o relógio não parava e as bikes não podiam arrefecer, rumámos então de regresso à Quinta dos FF's, onde a chuvita fez questão de marcar a sua presença.

Conclusão: foi uma voltinha domingueira 100% Cool.

Participantes: Ni San, Nitrobiker, Helena San, Gina San e Marlene San.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Passeios para esta semana

Depois de um fim de semana cheio de aventura, voltamos com alguma previsão de chuva, que esperamos já ter passado no fim de semana.

Assim, para esta semana temos agendado o seguinte:
- sábado, dia 24: aula de Spinning no SportCity na Qta do Conde. Inicio da aula às 14.30h. Aconselha-se levar para a aula, toalha, água e sapatos de encaixe (encaixe shimano) para quem tiver.
- domingo, dia 25: voltinha domingueira habitual dos Papa Trilhos. Ponto de encontro às 08.30h no Parque das Lagoas de FF. Sugestões para percurso?

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Passeio de Setúbal a Vila Real de Stº António - 2º Dia (Beja - Alcoutim) - 106km

Após a 1ª etapa com muitos Kms, aguardava-nos a melhor etapa desta aventura - Beja até Alcoutim, com a passagem pelas míticas Minas de S. Domingos. Mas vamos lá começar desde o inicio...

Os 6 meninos já estavam em Beja. Mas mais 4 iriam juntar-se a eles. A alvorada para os lados de Fernão Ferro foi bastante cedo e às 06.20h já estávamos a sair de casa do Mimosa rumo a Beja (de carro, claro!). Os atletas eram eu (Paulo Alex San), o Mimosa San, CaJo San e o Mário San. As nossas acompanhantes que depois iriam levar as nossas bagagens até Alcoutim eram a Marlene San e a Helena San.

Chegámos a Beja cerca das 08.15h e o pessoal que dormiu na pousada estava a tomar o pequeno almoço. Preparámos as bikes e estávamos prontos para pedalar. Às 08.30h lá fomos nós com o objectivo de chegarmos até Alcoutim onde iríamos pernoitar na Pousada da Juventude lá do sitio.

Saímos de Beja pela EN260 e estávamos ainda no aquecimento quando o Paulo tem o seu 1º furo.

Aproveitámos a beleza da paisagem local para tirar algumas fotos.

O percurso era calmo e sem dificuldades de maior, sempre a rolar por alcatrão. Efectuámos uma pequena paragem em Serpa para tomar um cafezito. O dia havia amanhecido com sol, mas fazia-se sentir algum frio.

Em Serpa deixámos para trás a EN260 e seguimos pela estrada que passa por Salvador e Santa Iria. O Mimosa e os seus conhecimentos locais, lá tinha uma comitiva para desejar umas boas pedaladas ao pessoal.

O dia ia avançando, assim como os Kms percorridos. Pelo caminho íamos aconchegando as vistas com as belas paisagens no nosso Alentejo e outras coisas que eram mais apreciadas no prato.


Chegámos à aldeia de Mina de S. Domingos já à hora de almoço e fomos logo à procura da tasca local para repor as calorias gastas até então.

Aproveitámos também para visitar a praia fluvial que no verão tem uma grande afluência.

Seguimos depois para as minas. Aqui a paisagem mudou radicalmente. Entre ruínas e caminhos de terra, era bem visível a industria de outrora.


A Mina de São Domingos e a respectiva aldeia mineira correspondem a um antigo couto mineiro localizado na freguesia de Corte do Pinto, concelho de Mértola. A mina tinha ligação ao porto fluvio-marítimo do Pomarão, no rio Guadiana, por meio de um caminho-de-ferro mineiro de via reduzida com cerca de 15 km de extensão. A história da mina de São Domingos é anterior aos tempos do Império Romano, altura em que os trabalhos se intensificaram com a exploração do chapéu de ferro que cobria a massa piritosa, para exploração de cobre, ouro e prata.


No século XIX, em 1858, tem início a exploração recente da mina pela companhia Manson and Barry, tendo-se prolongado os trabalhos por mais de um século até 1966, ano de encerramento da mina, após esgotamento do minério.


Fomos pelo trilho da antiga linha do comboio que ligava as minas ao Pomarão. O caminho estava bom, com algumas poças de água. As pontes da linha do comboio estavam em ruínas e era necessário encontrar alternativas na tentativa de não molhar os pés.



O percurso era excelente e o espírito de aventura transbordava em cada pedalada. As dificuldades, essas, eram secundárias.


A chegada ao Pomarão foi feita com uma enorme descida onde aproveitámos para bater os nossos records de velocidade.


Aqui estava à nossa espera um barco para atravessarmos o Rio Chança (afluente do Guadiana) até à outra margem.

Desde o cais até à aldeia de Mesquita foi quase sempre a subir. Fomos oscultar os locais para ver como estava a Ribeira do Vascão, pois a nossa intenção era atravessá-la de bike. Caso não fosse possível, teríamos de ir dar a volta por Mértola o que iria adicionar bastante mais tempo ao percurso e queríamos evitar pedalar de noite. As entrevistas que fizemos eram unânimes - "a ribeira está com uma corrente muito forte", "a água chega-vos pelo peito", "ainda hoje de manhã lá estive e não dá para passar". Os comentários não eram animadores. Nada como irmos investigar.


Não dava pelo peito, mas a corrente estava forte! Molhámos os pezinhos e outras coisas mais, mas chegámos todos ao outro lado. Foi uma grande aventura!


Dificuldade superada, seguimos pela serra dentro. A noite já nos estava a perseguir e o Paulo lá teve mais um furo. O Ricardo, solidário, partiu a corrente. Resolvidos os problemas mecânicos fomos já com noite sobre nós até Alcoutim para descansarmos até ao dia seguinte.

Dos concelhos do Algarve, Alcoutim, com os seus 576,57 quilómetros quadrados de área, é o que mais a nordeste se situa. Tendo a ribeira do Vascão a separá-lo dos concelhos de Mértola e Almodôvar a norte, faz fronteira a oeste com Loulé e a sul com Tavira e Castro Marim e entre a serra do Caldeirão e o rio Guadiana, fronteira natural com a vizinha Espanha.

As nossas bagagens estavam nos quartos, deixadas pelas meninas (o nosso sincero agradecimento!) e até tivemos direito a dedicatória.

A seguir ao jantar fomos ainda fazer uma pequena visita pela aldeia onde tivemos a oportunidade de conviver com um local que por ali andava. Aproveitámos e registámos o momento.

Foram cerca 106Km com muito boa disposição e espírito de camaradagem. O acumulado de subidas foi de 1211m.

Todos os vídeos desta etapa podem ser visualizados nestes links:
vídeo 1, vídeo 2, vídeo 3, vídeo 4, vídeo 5, vídeo 6, vídeo 7.