ECOPISTA do DÃO - EVENTO CANCELADO.

Papa Trilhos® - Fernão Ferro/Seixal

Os Papa Trilhos surgiram a partir de um grupo de amigos que têm em comum o gosto pelo BTT e cujo o lema é "Pedalar com a Natureza".

Aos domingos de manhã alguns elementos da equipa e outros amigos juntam-se para ir pedalar. Por isso se também quiseres ir pedalar, aparece no Parque das Lagoas de Fernão Ferro/Seixal (largo das festas populares - GPS 38,557800º -9,091630º), aos domingos, 08.00h (horário de verão). Vê a mensagem de
"Ponto de Encontro" publicada todas as semanas onde são agendadas as voltinhas e passeios dessa semana. Uso obrigatório de capacete.
Contactos: papatrilhosbtt@papatrilhos.com

Nota: os participantes em voltinhas ou eventos Papa Trilhos aceitam a cedência dos direitos de imagem nas fotos tiradas para publicação no site.

Calendário Papa Trilhos

Iniciativas Papa Trilhos

- eventos e passeios - consultar calendário.
- renovação do seguro da FPCUB 2017 - consulta.
- Ecopista do Dão, 16 e 17 Setembro - informações. CANCELADO


domingo, 12 de outubro de 2008

2008-10-12 - Passeio "Higiénico, mas pouco" ao Cabo Espichel - 54 km

Concentração no ponto de encontro habitual, no Parque das Lagoas, onde compareceram 6 elementos para mais uma volta domingueira.
Hoje tivemos a estreia do Luís, que se juntou aos Papa Trilhos e que disse que iria voltar mais vezes.

Breves momentos a decidir o percurso, decisão tomada - Cabo Espichel, pois as condições climatéricas não mostravam ser as melhores para outros locais, assim decidiu-se uma voltinha higiénica até ao Cabo Espichel, mas que de higiénico pouco teve.
Seguimos em direcção ao Cabo Espichel descendo a antiga estrada de Sesimbra, fizemos um pouco da Apostiça até à estrada da Lagoa , passando por Alfarim, até ao estradão da Azoia.

Chegados à estrada do Cabo Espichel (EN379), o Luís, teve que encurtar a volta, pois tinha compromissos e não poderia chegar tarde, os restantes prosseguiram o percurso, até ao desvio que permitiria escolher ir até ao Cabo, por estrada ou pelo Arriba.

Opção tomada, irmos pela Arriba, esta decisão veio a tornar o nosso passeio numa volta pouco higiénica, pois momentos antes da nossa passagem choveu bastante neste local, resultado - lama, muita lama e, havendo quem momentos antes tenha dito: "tou com saudades da lama" - certo Carlos Prazeres? Ainda tens?, Acho que não.

Com tanta lama, se para as bikes estava dificil a progressão, imagina-se para um carro que encontramos parado, pois é, isso mesmo, dali já não saía sem a ajuda de outro veículo.


Chegados ao Farol, fomos "obrigados" a algumas acções de limpeza, tanto nas bikes, como nos sapatos, pois com a lama não conseguiamos encaixar os pés nos pedais e, onde aproveitamos para tirar a nosso foto habitual de grupo.

Do Farol seguimos até ao Cabo, por estradão, pois mais ninguém se quis aventurar pela lama e, daqui prosseguimos a nossa volta sempre junto à costa, até à Aldeia do Meco, retomando o percurso anteriormente efectuado na ida.

No regresso passámos pela piscina preferida de Paulo Alex San, no dia em que se chamou "Dalai Lama", desta vez ainda estava melhor que da anterior passagem por lá, estava mais cheia e demonstrou saudades de ti Paulo.

Como não poderia deixar de ser, foi uma animada, muito bem disposta, então na lama nem se fala, pois só se ouvia "tu va tombez".

Foram 54 km com um acumulado de 823,84 m
Participantes: (6) TóZé San, Carlos Prazeres San, Ni San, Marco San, Rui San e o Luís

6 comentários:

  1. Como não podia deixar de ser, mais uma volta mt fixe, tirando a lama claro...
    Um papatrilho que já tinha saudades da lama hoje teve oportunidade de confraternizar grandes momentos com a mesma.
    A lama não é muito agradável, mas causou momentos de boa disposição.
    Rui mais um pouco tinha-mos a reportagem em directo.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Boas!

    Tal como já alguém disse... hei-de voltar a juntar-me com a esta malta, que me recebeu bem!
    Pelas fotos, já via que a lama fez parte da aventura. Safei-me de boa!!

    Luis

    ResponderEliminar
  3. Boas,
    Houve lama até aos "tubaros",prometo que tão cedo não falo que tinha saudades da lama.
    Mais um momento de boa disposição e camaradagem.

    Um Abraço
    Carlos Prazeres San

    ResponderEliminar
  4. Até foi fixe,foi um passeio com alguma aventura,estàvamos haver quem (lá tombe)mas não,todos preferiram meter os sapatinhos no lamaçal.O Marco è que ficou triste ao ver a sua estimada bike toda suja .
    NI SAN

    ResponderEliminar
  5. Marco,
    um dia vais entender : a lama faz bem à pele !! (hehehe)


    Nelly

    ResponderEliminar
  6. Estou a ver que os meninos dos papatrilhos andam a cuidar da pele, eles hidratam-na a custo zero,boa rapazes...
    Para todos um "bike" abraÇo.

    Marlene San

    ResponderEliminar